quinta-feira, 3 de novembro de 2011

Casa dos segredos... dos outros!

Por falar em segredos...
(hoje é mesmo para incendiar a casa)
Lembrei-me de um segredo que sei que é bem pensosa para as mulheres que o carregam!

No âmbito da minha profissão (principalmente, mas não só) tenho visto, ouvido e até assistido a um segredo bastante comum a muitas (jovens) mulheres! Refiro-me à interrupção voluntária de uma gravidez!
Muitas das vezes essas mulheres fazem-no tendo o maior secretismo possível independentemente do motivo de base, alguns até muito "válidos" (entre aspas para não ferir as susceptibilidades de quem defende que o aborto jamais é justificável]... outros mais por capricho, irresponsabilidade... porque sim, não é o momento certo! 
Nem ponho em questão as vontades de cada uma, acho que é uma decisão muito particular e creio que em nenhuma dessas situações é tomada de ânimo leve... portanto... longe de mim querer criticar (ou aplaudir) seja o que for!
Com este post, apenas prendo por-vos um bichinho na cabeça: Não sabemos tudo, até, da pessoa que julgamos conhecer melhor que a nós mesmos!
O mais certo é tu conheceres quem já o tenha feito e não saberes... 

6 comentários:

  1. Ora nem mais! Não sou contra o aborto porque acho que está na pessoa decidir o que é melhor para si. Apesar de não me achar capaz de o fazer! Mesmo em caso de irresponsabilidade, sempre é melhor abortar do que trazer uma criança ao mundo para sofrer, como muitas andam por aí sem ninguém que os apoie ou compreenda. Enfim... é a vida!

    ResponderEliminar
  2. Por acaso não conheço ninguém, mas apoio totalmente quem o faça, DESDE que seja por motivos como não ter maturidade, ou ter alguma deficiência. Porque não abortar e trazer ao mundo um filho para o deixar sofrer é horrivel, nesses casos mais vale não nascer.

    ResponderEliminar
  3. Penso da mesma forma!
    Mas lá está acho que é muito fácil falar quando se está de fora, reconheço...

    ResponderEliminar
  4. Quanto à problemática da IVG não me vou pronunciar porque tu já conheces a minha opinião... ;)
    Só venho dizer que concordo quando dizes que há mulheres/raparigas que conhecemos e que não sonhamos nem pensamos que um dia já fizeram um aborto.
    Mas lá está: cada um sabe de si e isso não é motivo para as olharmos de lado, quer se concorde ou não.

    ResponderEliminar
  5. Eu soube, recentemente, que uma amiga de há muitos anos tinha optado por uma IVG...
    Ela confidenciou-me passado já muito tempo do acontecimento pois só agora se sentiu capaz de o fazer. E eu nunca imaginaria que o tivesse feito...
    Compreendo quem o faça, sejam quais for as razões, embora tenha a convicção que não o faria (salvo casos extremos).
    Mas como aqui já foi dito, cada um sabe da sua vida.

    ResponderEliminar

Lilypie Premature Baby tickers