sábado, 31 de dezembro de 2011

De 2011

Foi o ano do estado de graça, o ano em que trouxe ao mundo o outro amor da minha vida!
Foi um ano muito emotivo, de mudanças de 180º, de adaptações, da amizade, de frustrações, de solidão, de reajuste de prioridades, de tristezas e discussões, e ainda foi mais um ano com muito amor dado e recebido e só assim me é possível fazer um balanço muito positivo.
Dos objectivos traçados para 2011 os principais foram de facto alcançados e por isso sou muito grata!
Se 2012 já for igual a este já me dou por feliz!

Coisa boa

Último dia do ano, acordamos os 3 já tarde e deixamo-nos ficar na caminha a mimarmo-nos uns aos outros.
Já tomamos um almoço à pequeno-almoço.
E agora abancamo-nos os 3 na sala ainda de pijamas e com todo o tempo do mundo a ver desenhos animados (e claro, com os PC's por dentro)!

sexta-feira, 30 de dezembro de 2011

A todos in the house...

Um ano BRUTAL (sucessos, paz, amor, saúde, muitos trocos e bom humor... vamos todos precisar de bom humor...isso para não chorarmos :) )

Comemorar o Ano Novo

As comprinhas estão quase feitas. Este Ano será totalmente passado em casa ao som da Casa dos Segredos, já que ao que parece a Bertinha este ano não nos dá fireworks, nem animação de fim de ano (sinais da crise). Coisa que não nos demove de entrar em 2012 com total otimismo, esperança e alegria (e também com fireworks  : ) )!
Falta ainda comprar o "portal" das boas energias, a já conhecida peça de roupa nova, não de cor azul bebé (Cruz credo, nada de cores a cair para o pálido) mas sim um arco-íris de cores alegres e vibrantes, assim como se quer que seja o próximo ano cheio de sucessos pessoais e profissionais, amor (sempre tudo com um toque de amor), paixão pela vida, saúde e tudo e tudo!

Conversando com o Zeus: A Baba...

Hoje de manhã, estava eu a ver o meu blog no Reader [eu sou mesmo a minha maior fã, coisa até para dar autógrafos a mim mesma e tudo (NOT), logo seguida do Zeus que diz que assim vai sabendo da sua própria vida e vai vendo o filhote :) ] Enfim, continuando...

Estava a ver as fotos do último post e parei na primeira do Vasco e fiquei parva em como ele está um Mini-Zeus, pelo que fui logo tirar satisfações com o responsável:

O puto na 1ª foto está todo a tua cara!


Zeus: Vou mandar-te 1 cena para o email

Dreia: Louvado seja Deus, que cópia!

Zeus: vê o email


Dreia: é a tua imagem do fundo do PC?

Zeus: é

Dreia: BABADO
AMOR

Zeus: É para levar para as reuniões

Dreia: o meu nome está Andreia Medeiros
muda isso!

Zeus: onde?

Dreia: aí nesse chat...

Zeus: acho que és tu que mudas

Dreia: nop
és tu

Zeus: ya já mudei

Dreia: acho bem!

E pronto, foi isso! :)

quinta-feira, 29 de dezembro de 2011

Não é sobredotado é saudável!

E isso basta-me!
É por essas e por outras...que eu dou graças a Deus, todos os dias, por ter um filho saudável! 
É a verdadeira bênção!


Esperança...

Hoje há fortes probabilidades do marido chegar cedo... tipo 18horas cedo!
Ih ih
Can't wait!!

Esfrega, esfrega, esfrega com cheirinho a...

As limpezas continuam e de certo que ando a colaborar para manter o meu colesterol na ordem!
Resultados?
(pena não ter o antes :( )




Dá-me vontade de ficar a contemplar e já nem me lembro da dor que isso me causou nos braços e tudo e tudo!

Serão a 2...

quarta-feira, 28 de dezembro de 2011

Após o Natal...

O mesmo hipermercado que 6ª feira passada estava atolado de gente às 20horas, ontem pelo mesmo horário e depois de barrigas cheias e carteiras vazias estava abandonado aos funcionários...
Consolei-me a fazer as compras em paz!

Que jeito que me dá a blogosfera...

Mesmo sem sair de casa, já me deram uma boa notícia... os SALDOSSSSS estão aí!!
E como o Baby está cheio de roupa até ao seu primeiro ano... eu vou compensar a "tristeza" que foi o Natal oferecendo-me a mim própria (já que ninguém o faz, não é Zeus?) um ou outro básico imprescindível... Assim c'massim só agora é que o inverno começou, não é verdade?

Por casa

Há muito tempo não tinha um dia assim: na paz do sossego (permitam-me o pleonasmo) da nova casinha!
Ora limpa, ora arruma, ora cuida do bebé, ora brinca com ele. Primeiro a dois, depois juntaram-se a nós a mana e sua linda família, novamente a dois e agora sozinha já que a cria já está jantada, lavada, lambida, encontrando-se a fazer a sua primeira soneca!

Mê ric'blogue...

Andas abandonadinho hoje!!
Ah pois é!
Ontem pesou-me a consciência de ter mandado o meu bebé para a creche, fui buscá-lo mais cedo e hoje ficou em casa comigo. Daí que só tenho olhos, braços e mãos para ele. Adormeceu agora... fixe era dar-me um tempinho para arrumar uma ou outra roupinha ou varrer qualquer coisa!!

Continuo com o meu dilema:
- Aproveito as férias com o meu filho e continuo com a casa de pantanas?

- Deixo o bebé na creche e deixo a casa num brinquinho?

Acho que amanhã telefono para a Maya, ela sabe o que fazer!

Das ofertas de Natal

É estranho se disser que esta foi a oferta, a meu ver, mais gira que tive?


terça-feira, 27 de dezembro de 2011

Criaturas fantásticas, essas...

Os bebés são extraordinários!
Aprendem tanta coisa no seu primeiro ano de vida!
Até à semana passada o meu puto não se sentava, a não ser com o meu apoio. Esta semana além de levar o pé à boca, começou a dominar a técnica "Sentado como um lindo"! Mesmo quando o vejo a tremelicar por  completo quase que a cair (até porque ele tem uma cabeça grande como o pai), lá ele se aguenta mais um tempinho até cair efetivamente!



*O meu menino está a crescer a uma velocidade louca!
Nesta foto nem parece o meu bebé, está tão menino!

O hábito...

Fui buscar o meu bebé à creche e conduzi até casa... até à casa antiga!
Acho que ainda vou fazer muitas vezes aquele percurso... sem querer, aparentemente!

What are the odds?

Continuo numa maré de coincidências giras!
Há meses que um estore lá em casa (casa antiga) partiu, e como na altura não pensávamos sair de lá tão cedo fomos empurrando a situação sem ter solução à vista já que o Zeus não percebe nada daquilo. Agora que já só falta devolver a chave à senhoria eu sou incapaz de entregar a casa sem ter tudo em condições, inclusive o estore. Por isso o Zeus hoje "debruçava-se" sobre o assunto mas sem grandes sucessos. Foi quando apareceu um miúdo (do nada) que nos interpelou, dizendo que o seu pai colocava e arranjava estores daquele tipo, como profissão, que se quiséssemos o pai vinha lá solucionar o problema!

E pronto! Foi assim, sem mais nem menos que resolvemos a questão!

I better start aiming for the stars, right?!
Nomeadamente 2 estrelas e 5 números!!
Ainda um dia me sai um prémiozinho chorudo, ai sai sai! 

Queres troco?

O Zeus acabou deixando a oferta do seu mano mais novo para o fim... o que me deixou doida da vida, vou ver-me em plena véspera de Natal ainda a stressar com ofertas, quando devíamos estar todos sintonizados com o espírito Natalício (que diga-se de passagem vivo-o todo o ano). Ele argumentava que o mano não tinha interesses, que era muito difícil encontrar algo que ele gostasse e que o mesmo não deu dicas nenhumas do que queria... blábláblá...
Então optamos pelo velho envelope com dinheiro lá dentro!
Não é que o puto ainda queria dar troco, porque era muito dinheiro!!!
Já não se fazem crianças dessas, pois não?

Introspeção

Que sensação horrível de vazio. Este nó na garganta instalou-se sem grandes motivos, estou saudosa do meu menino (não devia tê-lo deixado na creche, limpava menos mas estaria de coração cheio), estou cabisbaixa e não sei porquê:
- O Natal foi comemorado entre família e amigos e correu bem; 
- Continuo atarefada com as arrumações (estou em pausa para pequeno-almoço);
- Eu e o Zeus não nos chateamos;

Será:
- Porque o regresso ao trabalho está próximo e estou mais cansada do que quando vim de férias?
- Porque o regresso ao trabalho está próximo e não aproveitei as minhas férias com o meu filho despachando-o para a creche? 
- Porque não ouvi o meu instinto (ficar com o Baby hoje)?
- Porque estou sozinha?
- Do tempo chuvoso?

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Marco de desenvolvimento #2

E eis que o pé foi à boca...

My kind of Christmas...

...O bom: O quanto nos divertimos com as minhas manas e mamã!












O mau: nunca apanhamos nas fotos!

domingo, 25 de dezembro de 2011

Feliz Natal...

Boas festas...
Upsss, não é bem esta foto, bem-vindos à tralha lá de casa... é mais essa: 

sábado, 24 de dezembro de 2011

Véspera de Natal...

...e se não fossem as compras iniciais do mês, não teria prenda nenhuma para oferecer!
A última semana e meia tenho andado enfiada entre duas casas!
Mas hoje, é dia para esquecer toda a tralha que me rodeia e esforçar-me por arranjar as últimas prendas e ainda:
- Arranjar as unhas;
- Pintar e cortar o cabelo;
- Ir buscar as botas esquecidas (lembram-se das botas que comprei em Lisboa, que eram do mesmo pé? Pois, ainda não as fui levantar...)
- Fazer malas para fim de semana... tendo em conta que ainda mal desfiz as da viagem... e que estou tão aborrecida por voltar a refazê-las... ando cansada, cansada... queria férias de verdade para variar!

Volta Espírito Natalício, estás perdoado!

Not well...

Tenho a forte sensação que antes do dia raiar vou ter vomitado a comida do dia todo... ou foi da porcaria de sandes de delícias-do-mar que comi num bar ao almoço ou foi do wrap de frango com batatas fritas ao jantar... ou ainda o resultado da combinação de tal ementa saudável...
Vou ali fazer um chá de camomila (melhor digestivo de sempre) e tentar adormecer, que vem aí outro dia muito longoooooooo...

Welcome home...

Estamos totalmente instalados na nova casa! Sejam compreensíveis e não reparem na confusão de caixotes e tralha em que isto está... mas tenho fé que rapidamente componho a coisa, pelo menos mais depressa do que o tempo que demorei a trazer tudo para aqui!

Enfim move on...

Coisas importantes a reter:
- Já iniciamos o Menino Mija aqui em casa com a mana e com o cunhado.
- Marido comprou a sua primeira botija de gás em 27 anos e aprendeu a colocá-la corretamente. É menino que foi habituado apenas a gritar pela mamã quando a água ficava fria. Nos tempos de estudante em Lisboa e na nossa última casa, o gás era canalizado, sem necessidade de mudança de botijas de nossa parte. 
À partida eu não viria aqui assinalar tal "feito" para o Zeus, não fosse o caso dele trazer para casa uma botija nova... vazia!
Portanto, hoje ele também aprendeu a diferenciar uma garrafa de gás cheia de uma vazia!  

Menino Mija = Tradição micaelense em que amigos e familiares vão à casa uns dos outros em troca de uns aperitivos e digestivos, durante o natal e Ano Novo.


(Bem, deixem-me ir desencaixotar mais umas coisas!)

sexta-feira, 23 de dezembro de 2011

Essa nova mania...

Por esta altura os bebés habituados a biberão, quase que se alimentam sozinhos, gostam de mostrar aos pais que sabem segurar no biberão!
O Vasco não usando biberão, tenta fazer o mesmo com a mama... Olha que bonito, não é?
É sim, muito giro, engraçado e... doloroso, é que ele enfia as 10 unhas que tem...
Auchttttttt

Despedida...

Odeio despedidas, odeio, odeio!
E hoje é a última noite na minha primeira casa!
Aqui fui feliz!
Entrei sozinha, amanhã sairão 5!
Vou sempre olhar para esta rua com outros olhos!
Detesto este sentimento de perda!
(Ando de lágrima muito fácil, muito mesmo!)

quinta-feira, 22 de dezembro de 2011

Desejos 2012: Carta ao Pai Natal #2

(Aproveitando a onda do "cuidado com o que desejas!")

Em 2012 quero ganhar um prémio chorudo do euromilhões (tipo pagar e mobilar uma casinha minha)! Se for o totoloto também pode ser!

Sr. Universo, calma Ok?

Lembram-se deste post?

Pois hoje assim do nada, estava eu a descarregar coisas do carro para doar a uma instituição de caridade, quando aproximou-se uma senhora bem parecida que fez uma festa ao Vasco e perguntou-me:

Senhora simpática: A senhora conhece alguém que precise de uma senhora-a-dias?

(Eu pensei, Are u serious... really Universe? Já!!)

Eu com cara de WTF,  ou Universo-queres-levar-me-à-falência, ou cuidado-com-o-que-desejas-face: Eu bem que gostava... mas não posso! Também não conheço ninguém que precise! Peço desculpa, e boas festas!


Mas agora os desejos de 2012 resolveram antecipar-se todos, foi?

Dos vizinhos...

Nestes 4 anos não tive muita sorte com a vizinhança. Não sei o que me reserva os próximos anos, mas uma coisa é certa, desta vez terei pelo menos uma boa vizinha!
Ela já me veio dar as boas-vindas, não trouxe no entanto a cesta com croissants ou algo mais ligeiro (dado as dietas dela)... ficou prometido para a próxima vez a acompanhar as bebidas saborosas realizadas pela nova máquina tipo Coffeeshop que adquirimos lá para casa (este Natal são só prendinhas gostosas... mesmo! Muito obrigada Sr. Universo!!!)


Acho que finalmente tenho a vizinha dos meus "sonhos", tal como os vizinhos da minha série preferida de sempre!!
A vizinha cuja casa será a extensão da minha, a que me vai arrancar da cama para passeios ao fim de semana (boa ideia, não?), à qual eu vou abrir o seu frigorífico e dizer que precisa seriamente de ir às compras, a que vai blogar sobre os seus vizinhos novos ih ih, à qual eu vou pedir aquele pacote de arroz e blá blá blá blá... 

A melhor oferta de Natal de sempre...

Poderiam-me oferecer a Lua (eu não ia fazer nada de jeito com uma Lua em casa, de qualquer maneira...), mas tal não se compararia à doçura desta oferta:

Fartei-me de chorar quando a recebi... estou tão lamechas...

Das mudanças #12283752345

E estamos na reta final! Upiii
Ainda hoje dormiremos nesta casa (a atual) apenas porque só amanhã é-nos possível ativar novo sinal de net-telefone e TV na nova casa e como somos net-phone-TVdependentes ficaremos uma vez mais por aqui... tipo a acampar! Hoje o dia é para nos amanharmos com as sobras do frigorífico e partilhar as poucas coisas que ainda aqui restam!


Espírito Natalício

Apesar de cá em casa não ter enfeitado a casa, nem tão pouco ter uma árvore de Natal, acho que tão poucas vezes estive imbuída de tanto espírito Natalício. Sei que não é de bom tom apregoar este tipo de coisa, mas tenho de admitir que se sinto uma escuteira a fazer boas acções. Já ajudei, este mês, crianças, adultos e até animais doando dinheiro, roupas, sapatos, pequenos electrodomésticos. Tudo muito à custa desta mega operação que tem sido esta mudança, mas ainda assim com toda a boa intenção!
Fico a pensar no quanto todos podíamos ceder se decidíssemos limpar as nossas casas e doar aquilo que está num canto abandonado, que pode certamente ser usado por outros!
Sinto-me orgulhosa!

quarta-feira, 21 de dezembro de 2011

Limpezas interrompidas...

O Baby precisa da sua mamã!
Telefonaram-me a dizer que tem febre. Se estivesse a trabalhar ia roer-me por dentro por apenas o "medicar" e sem poder correr até ele, como estou de férias (assim parece...) prefiro cuidar dele!
O safado está bem, além da febre tem alguma ranhoca e tossinha... cá para mim é dente!! Eu sei que diz que dente teoricamente não dá febre, mas só pode!

Tesourinho deprimente #3

A nossa primeira ida ao cinema juntos:

... esse blockbuster!
Ui o quanto gostávamos de ficar num cantinho na última fila... adolescentes...

Cozinha pronta...

Tenho a cozinha escabelada e pronta para entregar à senhoria... não fosse ter o resto da casa para limpar!
Eu estou a torcer para que a outra casa tenha as limpezas em ordem!!
De qualquer forma estou mentalizada para fechar os olhos a muita coisa!
Por agora vou dormir, daqui a pouco há mais por onde lavar, encaixotar e carregar!

Escabelada = tão limpa que está a modos de lamber!

terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Músicas de Natal...


Sei que é Natal quando dou por mim a ouvir músicas de Natal, porque me apetece! Ouço-as a toda a hora nesta quadra desde que me lembro por gente!
Muitas foram as vezes que ouvia esta aqui no silêncio da noite, sozinha a desejar profundamente por Natais mágicos! Não cheios de prendas debaixo da árvore de natal, mas ansiando por uma verdadeira ceia de Natal  em que a ementa fosse uma mesa farta de amor...

Não... mintxira!!

E não é que eu vi com os meus ricos olhinhos?
A nossa ilha tem mesmo prostitutas, tipo Pretty-woman-prostitutas por estas ruas! Mas, certamente que a estas não lhes sai a sorte grande... apesar de parecem todas asseadinhas e tudo e tudo!
Pohh, não posso deixar de acreditar que elas lá estão por necessidade e que devem odiar o que fazem...
Não posso deixar de sentir pena! 

Se eu soubesse #2

...e já agora como no Natal comemora-se o nascimento do Menino e do amor em família, também punha uma foto da SAGRADA FAMÍLIA!!! :))))

Se eu soubesse...

... Já teria atualizado as fotos do cabeçalho (é assim que se chama, não é?), teria colocado umas bolinhas, ou lacinhos ou a árvores de Natal que não fiz este ano em minha casa, e um grande e SENTIDO "BOAS FESTAS A TODA(O)S VOCÊS", inclusive aos meus querida(o)s anónima(o)s de estimação... :)
Mas já diz o ditado que em casa de ferreiro espeto de pau... eu já encomendei as mudanças ao marido há 15 dias e ainda nada!!

(Epá e não me digam que eu consigo fazer isso sozinha... acreditem quando digo que eu não sei, não percebo nada de nada de html ou photoshops e outras coisas assim muito complicadas)   

Tesourinho deprimente #2

Também poderia chamar-se:

"O J.M. e Fanny que existe em cada um de nós!"


Nós tínhamos 15 anos, quando recebi este recado do Zeus! Nitidamente conversa, não era o forte dele...
À imagem e semelhança do J.M. e Fanny, nós também andamos meses e meses a engonhar e a aborrecer tudo e todos, até decidirmos assumir que gostávamos um do outro... Since 1999 (embora só começamos a namorar "a sério" em 2001)

Tesourinho deprimente

Isso das limpezas tem dessas coisas, rio-me com as coisas mais parvas que guardei, mas também fico escandalizada!
Não é que eu acabo de por para o lixo um bloco de notas onde anotava todas as calorias ingeridas por dia!!
Pior... os somatórios variavam entre as 200 e tal calorias e as 500... altura em que com certeza ou me matava a exercitar ou a vomitar...
What a fucking desgrace!!(diria o meu amigo Ramsey...)
OMFG!! Nem sabia que fazia daquilo... 

Da mudança que nunca mais acaba...

Esta casa já está tão vazia, a outra já está tão cheia e ainda tenho tanto para levar...
Aonde é que eu guardava tanto?
Nosso Senhor esteja comigo!

Preciso de uma pausa para reabastecer!

segunda-feira, 19 de dezembro de 2011

Das respostas que me dão volta ao estômago...

A Clara a por lenha no fogueira (obrigada pela partilha :) ):

"Também tenho uma colega que não quis amamentar porque "é uma mulher moderna"."

WTF!!
É que se está mesmo a ver que eu sou mesmo uma mulher das cavernas ou do dito 3º mundo!!
SEM COMENTÁRIOS...

E por falar em amamentação: Update

Estamos super bem e super em força... por aqui continuamos super confiantes e relaxados!
Estamos tão bem, tão bem que não tomo nada de nada (apenas o matervita, quando me lembro) e já lá vão quase 2 meses "clean" de suplementos alimentares! 
Nada é mais poderoso do que acreditar que se é capaz e ter muita vontade!
Durante a viagem a Lisboa, o bebé voltou a mamar mais  porque ora ele queria, ora me dava mais jeito levar só as mamas. É claro que o reflexo natural da maior demanda foi voltar a ser vaca leiteira... a única vaca que é permitida por aqui é mesmo a sua mãe! Com muito gosto, obrigada!
Mal regresse ao trabalho, volto a usar a bomba na minha hora de almoço para ter o leitinho do dia para levar para a creche!
Por aqui e como já disse anteriormente, não há pressas em substituir refeições lácteas, já que não se gasta com latas de leite, e nem este bebé beberá leite de vaca tão cedo (outra vez: a não ser sua mãe, claro)!

Atenção: NADA CONTRA a introdução dos sólidos, desde que cumpram com algumas indicações e timings acho muito bem...já que se por aqui também não houvesse leite materno à descrição eu também seria forçada a introduzir tudo o que ele tivesse direito.  


Recapitulando, regras básicas para manter a amamentação (em especial a longo prazo):
- Amamentação sem horários, quando apetecer à mãe e em especial, ao bebé. Quando vos disserem que ele TEM que comer de 2 em 2 horas ou de 3 em 3 horas... é meio caminho andado para o falhanço. Ninguém conhece melhor as suas necessidades de fome, sede e mimo que o bebé e cada bebé é único;
- BEBER MUITOS LÍQUIDOS de preferência água e chá (está frio carago);
- Manter, assim queira o bebé, as mamadas nocturnas. Parece que custa, mas não custa nada! E é de noite que produzimos mais. Não se deve "calar" e enganar o bebé com a chucha, se ele acorda é só para vosso bem e bem da amamentação;
- Sigam os vossos instintos e confiem no vosso corpo se ele foi perfeito na concepção ele também o é com as suas crias;
- Rodeiem-se de ajuda e gente positiva, sejam surdas aos comentários inapropriados e totalmente descabidos... mesmo que venham de profissionais de saúde! Admito que até eu quando ouço "palpites", pergunto logo: "Amamentou durante quando tempo", normalmente a resposta é "Não amamentei" ou "Amamentei nas primeiras semanas", logo "desprezo" por completo a bela da "ajuda"... por mais especialistas que digam ser, só sabe "aconselhar" quem de facto passou pela experiência. Aconselhar entre aspas, já que às vezes não é possível dar qualquer conselho por melhor vontade que se tenha. Li num sítio qualquer e bem que amamentar é natural, mas não é inato tem de se aprender e não há respostas exactas para tudo, é muito relativo dependendo de cada dupla mãe-bebé!  


Era suposto este ser um post curto... mas quando dou por mim a falar de coisas que gosto, acontece disto: MISSAIS COM MISSA CANTADA!"

Amamentação: Das respostas que me enervam...

(Posso estar a ser radical, mas é mais forte do que eu...)
Hoje no Centro de Saúde:

Estava eu e o Vasco na sala de espera com outra mamã com uma bebé de um mês que a páginas tantas me diz:
Mamã da recém-nascida: A minha filha sofre muito de cólicas, blábláblá...
Eu: Custa-lhes tanto, coitadinhos! O meu filhote também sofreu imenso e bebe leite materno, imagino como teria sido se assim não fosse. A mãe amamenta?
Mamã da recém-nascida: Quem eu? Eu não! Eu não QUIS, e essa já é a terceira... bláblá blá...
Eu: (calei-me...)

Reparem na resposta, não foi um: "Eu não soube"; " Não tive ajuda"; "Custou-me horrores, não consegui!"; "Não tive leite"... qualquer coisa do género, Não, não! Foi mesmo de livre e espontânea vontade que esta mãe deliberou que "Amamentar é que não!"

É claro que eu puxo a brasa para a minha sardinha!
Faz-me confusão como é que uma mãe decide engravidar, ter um bebé e OPTA (desculpem, isso não devia ser opção, mas é só a minha opinião!) por não amamentar...
Para mim o meu trabalho como mãe com o meu bebé não terminou no dia em que eu o pari, não, não, aliás até àquele dia eu fiz muito pouco por ele, fê-lo o meu corpo... só agora é que eu estou a ser activa no seu desenvolvimento, providenciando-lhe o melhor alimento possível! Não há leite em pó que se equipare e pronto!
É que nem os mínimos dos mínimos de amamentação, nada...  é daquelas que já sai da maternidade com a receita do Parlodel!
Ai que nêrves...

Houston, we no have a problem...

A Senhoria contatou-me e está tudo OK, aliás ela já estava a contar com essa mudança, desde que o vizinho de baixo (o que tem a mania-que-esta-merda- é-toda-minha-mas-ainda-tenho-um-treco-de-desgosto-com-estes -novos-vizinhos) lhe pôs a par do tipo de vizinhos que nos calhou na rifa!
Ela foi super simpática como das outras duas vezes que nos falamos... até fiquei com pena de "perder" a minha rica senhoria!!


7 meses de Baby: A consulta

Já voltamos da consulta e o bebé finalmente dorme! Fizemos a vacina que ficou em falta no 5º mês por rotura de stock, a Prevenar, aguardamos até ao 7º mês e assim poupamos quase uma centena de euros nessa vacina (nos açorianos temos sorte nesta questão, em que esta vacina é gratuita no nosso plano de vacinação). Portou-se muito bem o meu Baby! 
Já fomos avisados que haverá nova alteração do plano de vacinação, o Vasco não fará a vacina VASPR aos 15 meses como é suposto, mas ao 12meses por causa dos surtos que tem ocorrido pela Europa fora. Não querendo me alongar demasiado nesta matéria, já que nem a sei fundamentar convenientemente. Cá para mim isto é o resultado das novas modernices e tendências de alguns pais... que decidem que bom, bom é não vacinar os filhos e como resultado temos o regresso de epidemias dadas como "extintas"! Desculpem que vos diga, mas essa é uma matéria cuja decisão jamais devia caber unicamente aos pais, essa é uma questão de saúde comunitária por isso devia ser obrigatório e pronto! 
Se calhar já estou a cair em fundamentalismos, não? Sorry, my bad!

Quanto ao meu Pinipom, esse maravilhoso Pinipom que foi de Pai Natal (para uma sessão fotográfica entre amigos) e fez as delícias no centro de saúde:
Peso: 7160gr Mantém Percentil 10
Comprimento: 66cm (3cm em 1 mês e meio... uauu :) ) Percentil 10;
Perímetro cefálico: 43,5cm (cresceu meio centímetro) mas continua cabeça grande como o pai, Percentil 25



Está lindo lindo, pode começar o peixe, mas não vai... só o farei depois de estar instalada e preparada para a birra ao novo sabor!

7 meses de Baby

Aos 7 meses:

- O meu pulguinha é meigo, carente e mimado… únicas características herdadas da mãe de resto está cada vez mais a cara do femo do pai;
- O seu desporto preferido continua a ser: Levar tudo à boca;
- Continua completamente desdentado e lindo-lindo-lindo, mas totalmente desconfortável das suas gengivas;
- Adora sorrir e fazer 1001 expressão com a boquinha e sobrancelhas;
- Não é de tagarelar todo o dia, mas é “falador” especialmente no período matinal, no entanto ainda não tem nenhuma silaba preferida (embora a mãe se esforce ih ih);
- Continua com um mau acordar na maior parte das vezes, choramingado até que lhe apareça alguém;
- Continua a dormir essencialmente com os pais;
- Coloca-se de barriga para baixo e depois vê-se aflito porque não se coloca de barriga para cima;
- Continuo à procura do marco “Pé na boca” mas não me parece que ele goste muito de levar os pés à boca;
- Gosta de tomar banho e de colo colo colo colo colo colo  muito colo;
- Está a começar a estranhar as pessoas, mesmo quem ele está habituado, oxalá essa ansiedade de separação não se intensifique, quero muito que continue a gostar das suas educadoras;
- Senta-se com apoio, caso contrário não consegue;
- Ainda está longe de gatinhar;
- Adora que lhe cantem e ver-se ao espelho ou em fotografias;
- E está boa boquinha não que coma grandes quantidades, mas aceita tudo o que lhe dou sem fazer birras;
- Aos 7 meses mama muito, o leite materno continua a ser o alimento nº1, por aqui não há pressas em fazer novas introduções alimentares, pelo menos não antes dos 10 meses com o iogurte;
- Durante a semana almoça: 1sopa de carne ou legumes+fruta; lancha papa; janta: 1sopa de carne ou legumes + fruta. Ao fim de semana: come apenas a sopa de carne e fruta e uma papa ao jantar, por norma dormimos mais, logo ele mama mais pela manhã o que faz com que ele já almoce mais tarde, adiando também as restantes refeições. 
- Hoje é dia de Vacinas (medir e pesar os seus lindos refegos!)

Do guarda roupa dele...

Já diz o ditado: Olhos que não vêem, coração que não padece!

Tendo em conta tanta sabedoria, eu fiz o favor ao meu marido de se livrar de todas as peças horrendas que ele tinha!
Engraçado que as peças dele estavam em muito melhor estado de conservação do que as minhas, por isso os miúdos do Lar onde doei a roupa do marido, vão delirar. É mesmo cara de adolescentes (daí eu detestar ver no meu marido, já que ele não caminha de todo para a infância... Keep it real, darling!)
Prefiro-te 10000000000 vezes assim:


Assim com descofagem ficas menos sem jeito, não é 'mor?

Do que resta do meu guarda-roupa

Apenas resta-me o básico e indispensável...
- Ainda tinha umas 10 (malditas) saias (todos os tamanhos e feitios) que acumulava desde a adolescência... e como sempre abominei-as, aproveitei para arranjar espaço na nova casa apenas para duas delas; 
- Vestidos (quer de Inverno quer de Verão), estes são a minha paixão e por mim andava com um diferente todos os dias do ano, independentemente de tendências, cores, tamanhos e formatos... Há quem se perca por malas ou sapatos, a minha "paixão" são mesmo os vestidos! Queria eu ter uma carteira digna desta minha futilidade. Portanto, dos que tenho (não sei quantos tenho) acho que não dei nenhum, é coisa que custa-me muito, pronto;
- Ao resto desde ao calçado, básicos, camisolas, casacos e blá blá blá, foi tudo revisto, no final restou-me imenso espaço no guarda-roupa. De acordo com as leis da prosperidade e pensamento positivo: Só podemos estar prontos para receber algo, apenas quando há lugar e espaço nas nossas vidas para esses desejos. Portanto: "Sr. Universo, tenho imensos cabides e gavetas vagas...Permita-me que os encha nos próximos saldos, sim?"  

domingo, 18 de dezembro de 2011

A progredir bem...

A casa já faz eco...
Há-de ser um sinal da aproximação do fim das mudanças!

Houston, we (may) have a problem...

E quando não se consegue contatar a futura-antiga senhoria a dizer que estamos de partida?


É importante dizer que apenas a vi uma vez, no dia em que me deu as chaves deste apartamento, isso quase há 4 anos atrás! Desde então possivelmente falamos, via telefone, umas duas vezes! E é para esse mesmo número de telefone que eu tento contatar infrutiferamente! 

Outro dia de mudança

Ontem calcei os meus sapatinhos de Cinderela, hoje volto a encarnar a já habitual Gata Borralheira desta vez com o Príncipe a fazer o favor de participar nas suas próprias mudanças!

Bom Domingo para toda(o)s!

sexta-feira, 16 de dezembro de 2011

Ah...

... e amanhã tenho um casamento, logo mudanças paradas... que nervos!!!
Só espero conseguir abstrair-me dos afazeres e divertir-me!

Ai o timing que eu propus (a mim própria) era até ao Natal, e já está a apertar! Eu não vou conseguir ter tudo encaminhado até lá!! 
E o marido que dizia que isso das mudanças "Era num instante"! Right... abstenho-me de comentários...

Modo: Pause

Estou exausta!
Até a minha euforia dos últimos tempos (férias, viagem, mudança) deixa-me cansada! Para não falar do carregar de sacolas, faz e desfaz malas, enche e despeja caixotes, escada acima e escada abaixo carregada que nem uma mula!
Depois disso preciso de uma baixa, sim!

Estacionar nessa minha rua caótica

Quem me segue já está habituado aos queixumes de mau estacionamento desta zona desde as 9 da manhã às 17horas, com 2ª e 3ª filas de carros e direito a avisos de mau estacionamento (ou multas, o Zeus já recebeu uma quando na altura não tínhamos o cuidado de identificar o carro, como carro de um morador), só em Novembro foram 3, este mês recebi apenas 1 (calma não se exaltem, o mês ainda não acabou)!

Hoje depois de deixar o meu pequeno "Pai" Natal na creche, até me saía uma lágrima por ver que não tinha carros apilhados, nem carros nas linhas amarelas ou em cima de passeios, até tinha lugares vagos!! Epá isso é que não! Quando uma pessoa já se estava habituando a um código de estrada totalmente inovador e alternativo, vá daí e hoje tive de ser certinha como os demais condutores... isso não se faz! Até perco a azia que me dá todas as vezes que venho para casa e me deparo com tanta falta de civismo. E o meu exercício do dia?! Também não o fiz... normalmente dou voltas e voltas a tentar estacionar condignamente noutro sítio próximo de casa (se tenho o bebé comigo, nem me dou ao trabalho, digo já!), sendo que habitualmente descubro um canto que me permite exercitar exactamente umas 1  335 576 765 643 543 vezes os meus bíceps e peitorais com as manobras de estacionamento!

quinta-feira, 15 de dezembro de 2011

As chaves...

As mudanças são oficiais!
O marido vai começar a dar utilidade aos músculos que tem vindo a trabalhar arduamente!
Upiii

Da mudança...

Segundo dia de mudança a decorrer... quer dizer, a encaixotar, porque ainda não voltei à casa! 
Estou à espera do contrato e das chaves... mas como estou com pressa já ando a encaixotar! (E o pandemónio que se tornou este cubículo?? Nem queiram imaginar)!
Estou a torcer para que ainda hoje tenha a chave na mão ou o mais tardar amanhã! Preciso esvaziar caixotes, para voltar a encher! Até lá continuo com a mega Operação: Reciclagem ou Lixo? É no que dá finalmente desfazer-me da "vida" do secundário e universitária! Guardar para quê? Sempre posso Gogglar tudo, não é mesmo? DIGAM QUE SIM, POR FAVOR!!

Famosos com semelhanças incríveis #2

(Desta vez a sério, ou mais ou menos a brincar)






(Desconheço o autor da montagem das imagens, mas achei as semelhanças tão evidentes que tinha de partilhar!)

Famosos com semelhanças incríveis


Incrivelmente parecidos não são?
Estou impressionada!

E pronto já me fizeram chorar...

Não é modo de dizer, estas miúdas tocaram-me de forma tão especial... e coro só de ler o que escrevem... sobre mim mesma! E deram-se ao trabalho de o fazer de facto!! 

Há dias em que tenho medo de abrir o meu próprio blog com receio do que vou encontrar na minha caixa de comentários (há gente mesmo muito má, sabiam?) mas por outro lado... há o outro verso da moeda, gente simplesmente espectacular... e como já dissera anteriormente este blog de uma forma ou de outra levou-me até vocês e trouxe-me vocês até mim...

Obrigada (de coração) a todos os leitoras(es) que de uma forma ou de outra se importam, em especial (como compreenderão):
- Susana (amei a citação que usaste no título do post);
- Baunilha (o que me ri com o titulo do post!);

(Fico tão sem jeito, nota-se?)

E cá continuaremos a dissecar todos os assuntos desde os mais fúteis até aos mais perturbadores, não deixando de passar pelos porcos-badalhocos, claro!
Tem de se fazer por se manter o nível, não é?

Beijinhos

quarta-feira, 14 de dezembro de 2011

Enviei, este postal para a pediatra do Vasco. Será que ela vai gostar?

Há muito pouca coisa que não pode esperar...

..e a minha cria, é decididamente uma dessas coisas (talvez a única mesmo!)!

A mãe já te vai buscar, para irmos dar uma voltinha!

Tão fácil de contentar...

Acho que é a maior perda de tempo e de dinheiro investir em brinquedos para o Vasco, excepto um ou outro (os que têm espelhos) não há brinquedos mais apetecíveis do que:
- Etiquetas dos bonecos;
- Sacos de plástico (é capaz de brincar indefinidamente com um...)
- Garrafas de água;

Limpeza geral

A minha mãe sempre teve a mania de arrumar décadas e décadas de recordações! É que nem vos passa pela cabeça, o quanto a minha mãe guarda! Dá-me nervos!!
É o microondas avariado, que vai arranjar (mas nunca arranja, porque entretanto arranjou outro... mas ainda assim é novo por isso não vai para o lixo).

É a máquina de café avariada, que vai arranjar (mas também nunca arranja, porque entretanto arranjou outra... mas ainda assim como é nova dá-lhe pena por no lixo).
São os sapatos que vão para o sapateiro... mas nunca foram;
São as roupas rasgadas que ela vai remedar, mas não há tempo;
É todo um guarda roupa que não usa há séculos, mas é incapaz de se desfazer dele;
Tem capacidade para reutilizar tudo e absolutamente mais alguma coisa. Poderia ser boa ideia até, mas acreditem: Não é!!! Há coisas para as quais o único remédio é mesmo o lixo...

Isso para dizer que eu tenho o TRAUMA da acumulação! Não posso ter as coisas desorganizadas, não me permito (embora o marido com a sua desorganização me tire do sério...)!!

Tendo dito isto, é só para avisar que a mudança está a dar-me trabalho, mas para a nova casa eu só levarei o que eu real e efectivamente precisarei, o resto vai tudo para o lixo ou doarei ou seja o que for, atrás de mim é que não vão de certeza!


(Hummm e se eu fizesse uma Garage Sale? não tenho uma garagem... mas tenho um passeio!)

Coração apertadinho...

Passei uma semana com o bebé alapadinho a mim: cheirando-o, apertando-o, beijando-o, cobrindo-o, alimentando-o (muita maminha, like old days), ralhando-o, cantando-lhe, ninando-o... sendo sua mamã a 200%... que hoje custou-me tanto deixar-lhe na creche!


Ai se eu não tivesse que fazer uma mudança sozinha (ainda tenho sorte do marido ainda vir dormir a casa), já não o deixaria mais na creche este mês!
Lilypie Premature Baby tickers