segunda-feira, 12 de março de 2012

Matança de porco

O Ramsay hoje foi ver uma matança de porco numa fábrica, esta aparentemente foi indolor (pelo menos para o técnico que o efetuou porque já não posso falar pelo porco), mas ainda assim com imagens muitos fortes e grotescas...
Mas horrível, horrível eram as matanças de porcos lá em casa, o meu pai e minha mãe adoravam fazer aquilo, afinal para eles era mais divertido (hein??)do que festas de aniversários e também (e mais importante) sinónimo de arca congeladora cheia de "fartura"!
Para mim e para as minhas irmãs (para os irmãos não... que aquilo era só festa e descanso para eles) era sinónimo de pânico com a gritaria e sofrimento do porco, significava um fim-de-semana a trabalhar que nem mouras a cortar carnes, fazer os enchidos... e tratar da casa... ODIAVA!! 
Depois de tudo isso, nem percebo como não virei vegetariana. Aliás acho que só não o sou por pura ignorância... desconheço obviamente a diversidade de receitas e sabores, pelo que tenho a ideia que será um regime alimentar monótono.
Lembrei-me que cá na ilha temos um vegetariano extraordinário... já tenho saudades de lá por os pés, salvo erro a última vez que o fiz, ainda estava grávida!
Hummm... este mês parece ótimo para lá voltar!

4 comentários:

  1. Mas não é! É tudo menos monótono! E dá gosto de se cozinhar, afinal os legumes têm cores lindas e tudo misturado até dá gosto! Desde que institui as 2ºs feiras vegetarianas cá em casa, que estas se transformaram em 3ªs, 4ªas...e dou por mim a comer carne 1 a 2 vezes por semana, apenas, e porque o gajo quer (mas cada vez lhe ganho mais aversão, juro! Por questões puramente éticas!)! Procura as receitas na net, aventura-te! E se encontrares o óleo de Wok (uma preciosidade que encontrei no Lidl naquela parte das comidas de outros países) consegues aquele sabor muita bom dos crepes chineses nos legumes! I likes:)

    ResponderEliminar
  2. Também vejo o Ramsay e adoro! Não foi um porco qualquer que ele foi ver, foras as duas porcas que ele criou no seu jardim para depois servir no restaurante, por isso é que ele ficou emocionado. Na casa dos meus pais também se fazem matanças, mas atordoam o porco primeiro antes de espetar a faca, por isso não há gritaria!

    ResponderEliminar
  3. Olha amiga, por ter visto esfolar um coelho, nunca fui capaz de comer coelho, qd na terra da minha mãe matavam o porco, era motivo para eu e a minha mãe irmos fazer longas caminhadas, nem imaginar o que ia acontecer!!
    Aqui por casa tenho um marido completamente carnívoro, mas como sou eu que faço as ementas, carne só 1 ou 2 vezes por semana... o resto são de peixe e legumes, massas, por aí... e prefiro carnes brancas como o perú e o frango.

    ResponderEliminar

Lilypie Premature Baby tickers