segunda-feira, 10 de outubro de 2011

Introdução dos sólidos: 1º papa ou sopa?

Devo salientar que este post [já foi um comentário que fiz anteriormente, daí a sensação de dejá vu para alguns] é apenas a minha opinião no que toca a este assunto, depois de ter conversado com a nossa pediatra. Existem 1001 formas de fazer as coisas correctas (e 1002 de as fazer errado... ghram, ghram... brincadeirinha)! No que toca à introdução de sólidos têm surgido teorias e modas que até a mim me iam influenciando, mas depois de reflectir decidi que iríamos começar pela papa. E porquê?

Os maiores motivos para trocarem a ordem da papa pela sopa são 2 essencialmente:
1º- Para se começar pelo mais dificil: Realmente acho que é mais difícil para o bebé passar do leite para a sopa... julgo que para eles seria melhor uma transição mais suave... para a papa que é lactea, sabe a leite ainda... além do mais para muitos bebés nem há o risco de habituação ao doce da papa, já que as introduções tendem a ser mais rápidas (ideia que para mim só reforça o conceito de transição suave de sabores)... Por outro lado acho que a papa não é assim tão doce, nem as sopas mais indicadas nesta fase tão amargas para embirrarem. Acredito sim, que se um pai que não goste de sopa... vai transmitir mais cedo ou mais tarde essa noção para o filho também!

2ª corrente: Papa engorda, para prevenir a obesidade infantil começa-se pela sopa: não engorda nada, aquilo é só proteína e açúcar, não é gordura, eles crescem porque têm de crescer, é a tarefa deles e ainda bem que assim é. Se por norma no início eles aumentam de peso pelo maior aporte calórico, à medida que se vão mexendo mais vão gastando todas as suas dobrinhas fantásticas! 
Além do mais o leite materno só por si é factor protector da obesidade infantil.
Ah e ainda... Deus me livre de pensar em dietas a um anjo de 5 meses, credo!!

Acho que se um pai respeitar os timings correctos de introdução de cada alimento, a natureza encaminha o resto (se não houver outro problema de base). Para quê a pressa de trocar a papa pela sopa nos primeiros meses... e descuidarem da alimentação do bebé daí para a frente! Quantas vezes não começam a dar batatas fritas a lamber, bolos e outras sobremesas muito antes do tempo e desmesuradamente para a criança de consolar... como se houvesse mesmo necessidade! Isso sem se quer falar nas introduções de farinhas ou de sólidos ao fim do 1º ou 2º mês de vida...

8 comentários:

  1. A Matilde começou com a papa aos 4 meses, a sopinha e fruta aos 5 mesinhos (come a sopa e a sobremesa é a fruta).
    Andreia, já sabemos que quanto á alimentação dos bebes, muita gente faz de forma errada do que de certa. Quando a Matilde nasceu, perguntaram-me: "Não lhe dás papainhas no leite"?Eu dei mal os meus filhos nasceram...desculpa a quem faz isso, mas isso é fazer a "sentença de morte" de um filho.
    Há um bebé que só é mais velho que a Matilde 3 dias, e ele coitadinho aos 4 mesinhos teve que fazer dieta! Onde se consta um bebe fazer dieta???Deve ser horrível.
    Bjokas linda e desculpa...foi o meu desabafo!!!

    ResponderEliminar
  2. Linda o teu desabafo, é do mais verdadeiro possível... e só agradeço atirares mais lenha para a fogueira :)

    ResponderEliminar
  3. Uma vantagem da papa, basta juntar agua ou leite, a sopa já tens que ter o trabalho de a fazer eheheh Nunca na minha vidinha fiz tanta sopa!!!

    ResponderEliminar
  4. De Inverno faço todas as semanas! De Verão como 2 ou 3 vezes se tanto!

    ResponderEliminar
  5. Eu pessoalmente não gosto de papas e acho que o único objetivo é introduzir os cereais e acho, muito sinceramnete que há maneiras bem mais saudáveis de o fazer.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  6. Mas as sopinhas para eles são bem fáceis de fazer...se fosse para nós torcíamos o nariz...provo sempre as sopinhas da Matilde e olhem que mesmo sem sal e sem azeite 8ela não gosta quando coloco azeite na sopa), ficam tão boas...nhum nhum e eles quase todos viram o nariz à sopinha.Tudo isto é novidade para eles!!!

    ResponderEliminar
  7. A minha como não estava a amamentar comecei com as duas coisas. O Pediatra recomendou papa ao almoço e sopa ao jantar, mas eu inverti as coisas para que a papa aconchegasse melhor e ela dormisse a noite toda... Durou pouco tempo, habituou-se muito bem à sopa (com fruta migada em conjunto) e papa ainda hoje não come, não gosta!

    Cada bebé é um bebé ;)

    ResponderEliminar
  8. Eu gosto de papas, devo confessar que devoro-as todas!! ;)

    ResponderEliminar

Lilypie Premature Baby tickers