quinta-feira, 13 de outubro de 2011

Ainda a creche...

Ah... ontem deixei couro e cabelo na creche... ainda me doi o desfalque que levei!! Foi uma mensalidade em atraso (metade da mensalidade total, já que ele não esteve lá em Setembro), a matrícula, o seguro e a mensalidade actual (75% da mensalidade total já que só lá vai na última semana)...  para uns quase 400euros (lá se foi o fim de semana romântico...)!

Mas juro que este valor não me deixou com um nó na garganta como quando descobri que quando voltar a fazer turnos... vai-me custar muito mais fazer as tardes que fazer as noites. É que quando eu for fazer tarde não vejo o meu filho o dia todo! Eu só entro nestes dias às 16horas, então não podia deixá-lo lá às 15horas? Nãoooo!!
O pai vai deixá-lo lá às 9horas da manhã, porque até às 9:30 ninguém mais entra... que chatice, tão inflexíveis!! 
Quando fizer noites, então nem deixo o meu menino na creche, passará o dia comigo e de noite fica com o papá!

São coisas como essas que me fazem desejar como nunca ficar em casa, ou dar uma volta à minha vida de outra forma. Eu estou mentalizada para a "situação" toda, mas não estou conformada. E dado que não temos avó por perto, a hipótese de arranjar uma ama é a mais certa (apesar dos meus medos com amas... enfim)!

Ganhar o euromilhões é que era!!
Admito que agora possa estar a mostrar a mãe galinha que há em mim... mas quero lá saber! Até me provem o contrário, eu é que sei o que é melhor para o meu bebé (eternamente bebé... mesmo quando for um matulão de 30 anos)!


(Ainda faltam 15dias para lá deixar o meu menino e já só me apetece chorar...)

13 comentários:

  1. Andreia, mas o primeiro ano não podes fazer sempre o turno da manhã?
    Tenho uma amiga enfermeira que ela quando entrou ao serviço ela so fazia das 09:00 às 15:00 hrs, durante um ano, e como o filho ainda mama, ela pediu mais 6 meses assim.

    ResponderEliminar
  2. Percebo que se tenha de deixar as crianças até uma determinada hora quando os miúdos já têm actividades no colégio e aí convém estarem todos para não entrarem a meio... agora na creche quando não têm actividades nenhumas acho muito estranho não deixarem chegar mais tarde (se a pessoa paga e até nem está a usufruir, qual é o problema deles?).

    ResponderEliminar
  3. Ana vou fazer este horario, ate ver ate Maio... quando ele fizer um ano, mesmo assim não gosto da ideia de eu ter disponibilidade para estar com o meu filho tenha ele 1,2,3,4,5 anos e não poder!

    Pois é Insolente... é mesmo para engolir em seco!

    ResponderEliminar
  4. É uma estupidez estares a pagar um serviço e eles não seguirem as TUAS vontades e TUAS indicações como cliente.
    Logo, se eu visse algo que não gostasse, reclamava à DECO! És uma cliente, uma consumidora, também tomas conta de pessoas no teu trabalho que precisam de ti e não abusas!

    ResponderEliminar
  5. Ups! Último comentário é meu... Filipa Franco, tua friend!

    ResponderEliminar
  6. Olá, já sigo o teu blog há algum tempo, até porque me identifico com ele, tenho uma bebé de 6 meses.
    Hoje decidi escrever-te para te "acalmar" se possível, custa muito pensar que vamos deixar os nossos filhotes, mas depois vais ver que no dia até corre bem. Comigo foi a mesma coisa, a semana antes sofri muito, mas depois... Acabamos por nos habituar.
    Sofia

    ResponderEliminar
  7. Obrigada Sofia, é bom partilhar essas experiências com as mamãs que já passaram por isso, deixam-me mais segura e confiante!
    beijinho

    ResponderEliminar
  8. Eu consegui manter o horário de amamentação até sair do hospital, já ele tinha mais de 3 anos. Não voltei a fazer tardes por isso mesmo, foi muito bom.
    Depois mudei de emprego porque nem me imaginava a voltar a fazer turnos, era algo que me deixava mesmo angustiada.
    Claro que tive essa sorte, espero que tb te apareça agluma oportunidade de mudar de horário.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  9. Pimpolha tu és uma felizarda e o Edu principalmente!

    ResponderEliminar
  10. Oh Dreia, eu também pensava como tu, aliás, até cheguei a pensar se não dava para levá-la em pijama e eles depois vestiam-na lá. Mas hoje, 2 anos depois, nem sequer me faz sentido essa pergunta. Eles têm mais não sei quantos meninos e meninas, já viste se todos fizessem isso? E se cada um comer a cada hora, como é que fazem? Eles têm actividades que começam (mesmo em bebés), já viste o que era cada pai/mãe levar uma criança a uma hora diferente? De qualquer maneira, eles dão sempre esses recados para os pais não abusarem, bem como não convém ires buscar antes das 15h (porque é o período em que dormem) e depois a seguir o período do lanche. De qualquer maneira, acredito que se falares com eles, nos raros dias que fizeres turnos ou o deixas mais cedo ou falas com eles para ele entrar mais tarde.

    Vais ver que a creche nem é um bicho assim tão mau! A minha ficou uma menina muito crescida, obediente, disciplinada por andar na creche :)

    ResponderEliminar
  11. Pirilampa... tu vás-te rir... eu fiz a mesma pergunta!! Ah e tal posso levar o bebé em pijamas? e até que elas foram totalmente amáveis em aceitar... ih ih!

    Olha linda no fundo eu acredito que tudo vai correr bem, mas depois de 6 meses com ele em casa, eu vejo a creche como o bicho papão que me vai roubar o menino (AH QUE EXAGERADA QUE SOU)... o marido diz que isso vai passar! Hope so! Espero que o Vasco goste muito de lá estar, isso sim, assim ficarei descansada!

    Ah outra coisa, elas disseram que tem hora para deixar, como expliquei... mas para ir buscar é mal eu deseje, não tem hora..woot wooot! ;) menos mal!
    beijinho

    ResponderEliminar
  12. "depois de 6 meses com ele em casa, eu vejo a creche como o bicho papão" - como todas nós Dreia, claro! Quem vai cuidar dele melhor do que nós? Quem vai estar ali de olhos postos SEMPRE nele? E agora perguntas a ti mesma? Serão elas a ouvir a primeira palavra, serão elas que vão ver sentar-se pela primeira vez? Serão elas a ver o primeiro passo? Serão elas que vão vê-lo comer sozinho pela 1ª vez?

    Descansa, o tempo será escasso, mas vais ter oportunidade de acompanhar tudo isto. Claro que ninguém o vai mimar como tu, nem olhar para ele tempo sem fim. Mas, em princípio, partilham contigo as conquistas e aos poucos vais gostar dessa partilha e aceitar que aquelas pessoas sejam tão importantes para ele.

    Se custa? Custa muito! Mais ainda quando o vais buscar e um dia não quer vir contigo (ontem aconteceu-me). Mas a mãe sou eu e não há pessoa no mundo que a ame mais do que eu e esse amor é recíproco!

    (estou quase de lágrimas nos olhos)

    Isto tudo, não me quero armar em moralista, pretendo apenas dar-te apoio. Vais ver que é LINDO o sorriso quando te vê, mais tarde gatinhar a toda a velocidade para ti e hoje vem a correr e a gritar "Mãaeee" com aqueles olhinhos a brilhar. Tudo isto vale ouro!

    Ele ainda vai gostar mais de ti porque vai sentir a tua falta ;) Para além disso, mesmo por pouco tempo que estejas vais ser SEMPRE tu que vai conhecer o teu filho melhor do que ninguém porque és aquela que está mais atenta ao seu desenvolvimento!

    ResponderEliminar
  13. Oh pirilampa este comentário deixou-me a chorar... não sei se te agradeça pela motivação ou se te bata por me relembrares de tudo o que vou "perder"
    lol!

    És uma querida!
    bjim

    ResponderEliminar

Lilypie Premature Baby tickers