sexta-feira, 8 de junho de 2012

Método Estivil

Vocês conhecem bem a saga que é por o Vasco a dormir....
Ele não é o bebé que se deita às 20, 21,22 horas aliás acabei de o deitar e ele nem fez sesta (imaginem se o tivesse feito!). 
Além disso ele acorda em dias normais (refiro-me aos não "adoentados") uma a duas vezes por noite (ultimamente tem sido uma vez, mesmo). Aquela vez que ele acorda não há nada que o sossegue a não ser vir para a mama, sei que não é vicio, não é manha é mesmo fomecas e/ou sede. Tanto que ele mama e dorme (normalmente, claro)...

Isso para dizer que é cansativo e desesperante ter um bebé que se deita tarde e acorda a meio da noite. Tentamos tudo, seguindo mais ou menos várias metodologias e nada pareceu funcionar com o Vasco, entre as quais (uma muito famosa) o método Estivil. Este parece funcionar sempre com os bebés das outras. Confesso que já estava "farta" de ouvir histórias de sucesso sobre este método. Se funciona com os outros bebés é porque o problema só pode ser nosso, não? Isso causava-me uma grande frustração... Causava-me até ter lido este post!
Por estranho que pareça (e a Maria João vai perceber) fiquei feliz pelo falhanço do método. Só nos faz entender que os bebés não são máquinas com manuais de instruções e o que vale para um, não é certo para outro.

Aqui o Estivil, também só nos causou ainda mais choradeira e stress. Por isso desistimos. 
Vou entregar essa questão à natureza porque acredito que só o tempo nos ajudará.

7 comentários:

  1. vou escrever sobre o tema :)
    para te minimizar a frustação ainda mais.

    ResponderEliminar
  2. Este método nunca funcionou com a Matilde!Ela adora o colinho para dormir!

    ResponderEliminar
  3. Pois... conosco não funciona pq nem tentei nem vou tentar... Simplesmente não concordo. E mais ainda, a minha Carolina tb acorda algumas vezes por noite e, embora seja muito desgastante, sei que ela não tem nenhum "problema", é mesmo assim! São poucas as crianças até aos 3 anos (mais ou menos) que dormem a noite toda.

    ResponderEliminar
  4. Afinal nehuma de nós tem tido propriamente tarefa fácil:-D

    ResponderEliminar
  5. Ai Dreia este tema tem dado pano para mangas. Se nós pensavamos que a Mia era uma bebé dificil enganamo-nos, embora ela também nos tenha dado noites terriveis. Mas o Ben não acorda simplesmente. Se acordasse, mamasse e voltasse a dormir era uma maravilha. Ele acorda e berra, berra e berra e quer-nos ao lado dele, como é normal. Não dá para aguentar. Depois acorda a Mia e quer isto ou aquilo, embora ela durma bastante bem não anda no seu melhor. Enfim! Se não enlouquecer agora não enlouquecerei nunca.
    Eu concordo com o método. Qd bem feito. Olha o exemplo da Kiki (Familia de 3 e meio)!!
    É aguentar e esperar que cresçam um bocadinho. Realmente como diz a Sofia não têm nenhum problema. São saudaveis. Isso é que é o mais importante!

    ResponderEliminar
  6. Dreia nem sempre o que está nos livros deve ser inteiramente levado à letra. Comigo este método funciona, mas não quer dizer que funcione com todas as crianças. Cada criança é uma criança. Houve uma altura em que o Henrique chorava 30 minutos seguidos antes de adormecer e não havia nada que o acalmasse. Acho que até a minha presença o pertubava ainda mais. Agora felizmente isso já não acontece. Não sei se foi uma fase ou se foi do método. Apesar de já dormir de noite por um período longo, de dia tenha a saga das sestas de 30 minutos...O que hei-de fazer??? Sei de amigas minhas que os filhos fazem sestas de 2 a 3 horas seguidas. Não posso querer um bebé robot. Ele é assim e tenho é que saber levar isso da melhor forma possível. Paciência é o que temos que ter todas. Um beijinho Márcia Deus

    ResponderEliminar
  7. Mesmo Márcia. Olha o Vasco é dos tais que faz sestas durante o dia normalmente de 1 a 2 horas, muitas vezes de 3 horas. No outro dia surpreendeu-me com 4 horas (o que é raro).

    ResponderEliminar

Lilypie Premature Baby tickers