quinta-feira, 27 de fevereiro de 2014

Regime alimentar

A Ritinha perguntou, eu explico:

"Isso foi indicação da dietista? Onde arranjas proteínas com sabor a oreo, deve ser bom! Comes bastante lol :) "

Trabalho numa enfermaria, logo lido de bem perto com as indicações dietéticas adequadas a cada pessoa internada o que me faz aprender e atualizar bastante sobre a área. Além do mais, eu sabia onde estava a errar na minha alimentação até aqui, comia muito pouco por falta de apetite e quando comia era asneira!
O regime atual, na verdade foi instituído por nós aqui em casa (eu e o Zeus) e foi comunicado à dietista, que  não discordou! (Embora já tenha mencionado aqui que, no que toca a regimes impostos por dietistas... fico sempre com a sensação que é meia sentença para passar fome...ghramm...perdoem-me!! )
Na verdade a minha grande ajuda nesta área é o meu marido, ele é o cozinheiro aqui em casa e fanático por fisioculturismo  já vai fazer 3 anos. Isso dá-me um avanço do caraças, não tenho de me preocupar com ementas, se estou a comer bem ou não... se é feito ou recomendado por ele, é seguro! Nestas coisas, acho que funciona muito bem quando o casal, está na mesma onda. Admito que até aqui dava-lhe muita luta com a minha má alimentação, agora é só paz :) :)
No último ano, ele tornou-se muito mais exigente e aprendi imenso com ele. Ele ensina-me e reforça-me quer na alimentação, quer no ginásio, é o máximo... (pena que raramente treinamos juntos por incompatibilidades de horário, mas como sou boa aluna não desmotivo só porque ele não está no gym comigo)! 

Valorizamos muito a alimentação, a única suplementação que fazemos é proteica, já sabem que aqui não entra mais nada artificial. Também este aspecto é por conta do marido, ele tem os seus fornecedores de proteína que qualquer um consegue num bom ginásio ou loja de desporto ou ainda via online tal como o meu esposo fez durante cerca de 2 anos. Neste momento, tomamos 2 tipos: uma de absorção rápida para tomar após o treino e outra mais lenta, faseada, em que a libertação de proteína é gradual favorecendo a construção e reparação de músculo. Os sabores variam mensalmente. Ele já provou muita coisa... não tenho remédio senão aceitar o que me entra pela porta a dentro! 
EH EH 

11 comentários:

  1. Olha, bom dia - http://youtu.be/oT3mCybbhf0
    :-D

    ResponderEliminar
  2. Enganei-me no link :-D
    Era este - http://youtu.be/ptJWKnQmPWI
    Agora sim, bom dia ;)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Conheço todos os videos da SHAQX... são excelentesssss!!!!!! :)
      bom dia!

      Eliminar
  3. Obrigada por essa explicação que tens dado sobre o teu "regime" quer de comidinha, quer de exercício. É sem dúvida um bom incentivo a mexer o rabo.
    Mas queria questionar-te uma coisa acerca da história das proteínas, suplementos proteicos e afins: isso não tem consequências em termos de saúde? Não pode trazer uma espécie de "danos colaterais"?
    Já ouvi falar imenso de tudo isso, já li qb, mas fico sempre de pé atrás. E como estou decidida a perder a minha imensidão de massa gorda e transformá-la não só em músculo, mas também em perda de peso, ando a estudar todas as opções que me possam ajudar no processo.
    Obrigada pela ajuda
    Madalena

    ResponderEliminar
  4. Desculpa a ignorância... esses suplementos não fazem mal? Tenho um filho com 23 anos que anda sempre no ginásio e a querer tomar isso, tenho resistido como posso porque acho que para além de ser caro faz mal... estou enganada?

    ResponderEliminar
  5. Acabei a minha caseína...Segunda, cheira-me que vou voltar à whey. De chocolate com qualquer coisa, de preferência, para me matar o desconsolo...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Corisca, ouve-me tal como disse sou uma maria que segue o husband... mas cheira-me que a caseína não substitui a whey... não coisas diferentes.
      A whey é isolada e rápida de absorver. A caseina é lenta. Normalmente as duas são usadas em momentos diferentes. O que fazemos aqui em casa, é optar por uma isolada e outra lenta/faseada que contenha mais do que caseina, assim não compramos o mercado todo (já que não é barato) e ainda assim conseguimos tirar partido de muitos mais aminoácidos e proteínas num produto só. O que quero dizer é que a teres de escolher uma só, sim, opta por whey porque esta com água após o exercício é rápida e faz o que deve fazer, mas misturada em alimentos, torna-se mais lenta, fazendo em parte o papel das outras proteínas. Será que me fiz entender?
      beijinhos

      Eliminar
    2. A caseína só foi introduzida, pelo nutricionista, para saciar o organismo. Caseína só, nada de whey. Como andei mais ansiosa( sustos e coisas assim), o meu organismo alterou-se completamente e o apetite andou totalmente descontrolado. Por isso foi introduzida a caseína (pela primeira vez, na vida), a ver se saciava o animalzinho esfomeado que habitava em mim. Como as coisas estão mais calmas, creio que vou regressar à whey, a minha fiel whey de sempre. Segunda, depois da consulta, já sei :p

      Eliminar
    3. Ah fixe, então estás mais do que orientada :) :)
      beijinhos

      Eliminar
  6. Acabei a minha caseína...Segunda, cheira-me que vou voltar à whey. De chocolate com qualquer coisa, de preferência, para me matar o desconsolo...

    ResponderEliminar
  7. Às senhoras que pedem informação sobre as consequências dos suplementos proteicos, recordando-lhes que não sou um expert na matéria, mas também fundamentada pela ciência e bom senso.

    Resumindo: TUDO O QUE É EM EXCESSO É NEFASTO! E pronto, e não há cá outra forma de o dizer...
    Uma pessoa que consuma muito açúcar... pode acabar diabética;
    Uma pessoa que consuma muito sal e gordura, pode acabar entre outras coisas: hipertensa, obesa, e sujeita a todas as doenças cardiovasculares, etc...
    Uma pessoa que consuma excesso de proteínas pode levar, por exemplo, a danos renais.

    Agora... pergunto: Porque é que as pessoas têm tanto medo da proteina real e/ou suplementar... e já não me parecem tão nervosas quando se fala de doces, fritos ou salgados?? (pergunta retórica! eh eh )

    Devemos ingerir cerca de 1gr de proteina por quilo de peso e pensando que não, o certo é diariamente ficarmos muito abaixo do necessário, a mim certamente que acontecia... não duvido, pelo que melhorei a alimentação natural em primeiro lugar, e principalmente em dias de exercício, dias em que as necessidades proteicas e calóricas são mais exigentes, chego a fazer 1 ou 2 tomas de suplemento (uma toma rápida obrigatória após treino) e a lenta em especial se achar que não tomei a proteína natural necessária. É tudo uma questão de bom senso, peso e medida. No entanto, é inegável o benefício que a proteína te dá para perder peso e ganhar massa muscular. beijinhos
    Espero ter sido clara!

    ResponderEliminar

Lilypie Premature Baby tickers