segunda-feira, 31 de dezembro de 2012

2013... o ano que assusta!

Hoje e com as milhares de felicitações pela web fora, penso se as pessoas estão mesmo entusiasmadas com o ano que se avizinha ou se estão apenas a ser gentis e cumprindo protocolo...
A sério, nunca estive tão ansiosa por um recibo de ordenado como o de Janeiro, ou ver o talão de compras do hipermercado, ou ir abastecer à bomba, ou comprar gás, ou receber a conta da EDA... quero mesmo ver em que medida vou sentir (ainda) mais a crise...
Ainda bem que aqui em casa somos 2 sortudos com empregos com ordenados que apesar de ridículos para as nossas funções, são ainda de algum conforto para o dia a dia... Mas se vivesse sozinha.. bem... seria sem dúvida mês a mais para o meu ordenado!

Posto isso, espero mesmo que Portugal consiga ultrapassar este ano, que estes esforços valham a pena (apesar da minha geração ser aquela que ainda não teve oportunidade de viver o tempo das "Vacas Gordas", apenas a do "cinto apertado"... sou daquelas que ainda crê...). Temo muito pela verdadeira miséria por este País fora, que não é assim tão distante... afecta pessoas tão próximas de mim e de todos nós! Para estas pessoas um bem haja, um dia de cada vez e esperança no amanhã que será efectivamente melhor. 
Para estas pessoas: recorram a todas as ajudas possíveis, não baixem os braços, dediquem-se a causas, a desafios, a projectos. Às vezes a solução passa por sermos chefes de nós próprios ao invés de procurar vagas, concursos ou enviar currículos!

Um beijinho especial para todos!
Feliz 2013!! 

2 comentários:

  1. É preocupante de fato. Há crises específicas e há aquelas que vem e vão. O meu desejo é conseguir superá-las e espero que seja assim para vós.

    Um abraço
    Carolina

    ResponderEliminar
  2. Eu estou preocupada, mas com muita esperança. Espero que todos juntos consigamos levar o barco a bom porto. Que hajam mudanças muito positivas! Beijinhos e um bom ano para a vossa família

    ResponderEliminar

Lilypie Premature Baby tickers