domingo, 24 de julho de 2011

Babysitter do Vasco #2

Ih, Ihh acho que devia ficar aliviada por estar umas horas afastadas do Baby world, mas a verdade é que não fico!! É nestas alturas que vejo o quão fácil é para mim prescindir das saídas que digo sentir saudade! Afinal a saudade não é assim tanta e prefiro "aturar" o meu filho! Sei que estou a ser injusta, mas a verdade é que além de mim, só fico 200% descansada se deixo o Baby apenas com o pai (esse ser que até então nunca teve qualquer experiência, mas que quando tem "tempo" é o melhor pai do mundo...), além do que somos os únicos a conhecer-lhe as manhas e receio os "vícios" dos cuidados da avó. Já estou a ver que vai passar a tarde toda no colo e depois eu que me aguente! 
É estúpido, mas até com o leitinho dele me preocupo. Receio que o seu leitinho seja mal preparado, mesmo que lhe explique. Quem amamenta sabe que o leite materno tem uma temperatura entre o ambiente e o mornito, e se este leite é servido "quente" (como normalmente fazem com o leite em pó)... bye bye propriedades...  Welcome leitinho com proteínas estragadas! NOT good!!
Ainda para mais com as avós! Estes seres que gostam de ser tão cuidadosas em que aquele "mornito" a tender para a temperatura ambiente é frio, e jamais pensar em dar coisas "frias" ao puto, vai daí mesmo com boas intenções... 

3 comentários:

  1. Olha minha linda...o tema das avós vai dar-te agua pela barba ate sei la qdo. Eu ando a passar-me com a sogra que afoga e minha mais velha com mimos,que a estraga. Agora o pequeno nem sequer o deixo com ela. Ela foi educadora de infancia,mas para crianças tem pouco jeito. Mima demais,estraga, dá doces a mais. Ah,ja pra nao falar que acho que se a deixar com o Simao ela vai andar sempre com ele ao colo...no way! Compreendo perfeitamente o que dizes e o que sentes. Da Sara quase nao amamentei,pois ela rejeitou a mama. Ainda tirei leite com bomba dois meses e dava no biberão,ate que se tornou um pesadelo de tanto desgaste fisico. Agora do Simao tá a correr sobre rodas, e ele é um bebe calmo, ao contrario da irmã...mas com o passar dos anos fui conhecendo melhor a peça e nao confio. Na minha mae confio,mas tambem tem mta "teoria", que me irrita um bocado,pois quer impingir a forma dela fazer as coisas. Enfim,nao há nada como uma mae e um pai ,pra tratar melhor dos seus filhos. (desculpa o testamento)

    ResponderEliminar
  2. Bom dia!!Estás à vontade linda para escrever o que quiseres, até porque apesar de não ter toda essa experiência com a minha mãe/sogra percebo exactamente o que dizes porque facilmente vejo a coisa a ir por esse caminho :S
    beijinho

    ResponderEliminar
  3. Concordo plenamente com o que disse a Slimiteca. Revejo-me em tudo mas neste caso quem fica com a minha filha durante os dias de semana é a minha mãe. Confirma-se! Elas "estragam" os bebés. Mas a minha filha já sabe que comigo tem de andar na linha heheheheh mas se a minha mãe está... Usa a manha toda para tirar partido da boa vontade da avó. No entanto prefiro tê-la com a minha mãe do que na creche... Pelo menos até aos dois/três anos. Beijinhos da Catarina. (eu também tinha e ainda tenho os mesmos receios que tu, que não soubessem fazer bem as coisinhas da bebé.... Ainda hoje estou sempre a "corrigir" a minha mãe.. Na mudança da fralda a limpar, na maneira de falar, no colo, na preparação da sopa, etc.. tadita heheheh )

    ResponderEliminar

Lilypie Premature Baby tickers