domingo, 21 de outubro de 2012

Gravidez de primeira viagem...

É tão triste ser grávida de primeira viagem (falo pela minha experiência, claro)... eu até que lia, estudava, sabia coisas... houve aspectos importantes que passaram-me completamente ao lado.

Acidentalmente até fui capaz de identificar a minha primeira contracção, lembro-me perfeitamente, tínhamos nós 16 semanas. Rapidamente relativizei este acontecimento, quando comentei com uma amiga (na altura grávida, logo também sabia coisas) que descansou-me dizendo que não era possível, devia ter sido impressão minha. Acreditei, realmente andava super concentrada em sentir tudo no meu corpo que facilmente a minha cabeça me enganava.
Depois disso recordo-me de outros 2 episódios que hoje sei que eram contracções "em série" e extremamente precoces (ainda nas 20's semanas). Um destes episódios aconteceu enquanto dormia, e eram tão incomodativas que me fizeram despertar e acordar o Zeus, mas nós bananas não temos importância nenhuma. Semanas mais tarde, voltou a acontecer, no final do dia, desta vez fiquei um pouquinho alertada, mas tinha turno nocturno para fazer a seguir...

[Às 31 semanas perdi parte do rolhão mucoso, foi aí que o Zeus se preparou para ser pai em Maio em vez de Junho como estava previsto]

O Vasco nasceu no dia 10, mas comecei a ter contracções no dia 8 e para não surpreender fui a última a saber que estava em trabalho de parto...

O que para outras mulheres é tão óbvio, para mim foi sempre uma dúvida...

4 comentários:

  1. Numa segunda gravidez, hoje com 37s+6d, eu tenho dificuldade em saber se realmente senti alguma contracção ou se isto são coisas da minha cabeça! Fiz um ctg nas urgências a semana passada e parece que tive um contracçãozita mas so' sei que sim porque a máquina assim o disse, e quando sinto algo que creio ser uma contracção penso sempre 'Nah... Deve ser ansiedade...'! Call me crazy...! Se entrasse em trabalho de parto neste momento, e se a menos que fosse uma coisa EXTREMAMENTE evidente, tipo a cabeça da miuda a escorregar-me pelas pernas abaixo, provavelmente diria 'Nah...Deve ser ansiedade!!!!' :) (mas eu não passei pelo tipico trabalho de parto, soube apenas o que eram as tais contracções violentes ao 4º dia de indução mas LOOL nah, devia ser ja' cansaço!!!)

    ResponderEliminar
  2. Eu detectei contrações sempre cedo e nunca as confundi com nada. No Edu começaram às 19 semanas, desta vez foram às 13. Desta vez o médico perguntou-me se eu tinha a certeza que não eram os intestinos. Apeteceu-me bater, mas eu lá ia confundir os intestinos com uma contração, se da primeira vez não o fiz, não ia ser agora na segunda, certo?
    Resumindo, eles é que não valorizaram, eu tentei descansar o máximo que me era permitido tendo em conta que tinha que trabalhar. Qd lá voltei agora e já tinha o colo curto à conta das contrações que toda a gente duvidava que tinha, apeteceu-me mandar um berro. Acho uma estupidez não valorizarem as queixas das mães, frustrante mesmo.
    Beijocas

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Frustrante é a palavra, não te levarem a sério... principalmente se algo estiver mesmo a acontecer... enfim...

      Eliminar

Lilypie Premature Baby tickers