domingo, 13 de abril de 2014

Hábitos alimentares- parte 2

No post anterior falei mais do que faço do que o que não faço.

Este post é dedicado a um tema, eventualmente controverso porque há estudos que o apoiam, outros nem por isso trata-se de uma pequena proibição que eu faço conscientemente de forma a manter uma boa construção muscular (e consequentemente também perda de gordura). Eu não ingiro nada que contenha soja. Não faço suplementação de soja (que existe mesmo para fisioculturismo), não ingiro bebidas de soja (o vulgo ""leite"" de soja), nem iogurtes, ou qualquer sugestão de soja que venha substituir a carne (almôndegas, hamburgers... etudoetudo).

Factos:
- Mulheres e homens produzem testosterona e estrógenios. As mulheres têm mais estrogénios responsáveis pelas nossas características femininas e homens produzem mais testosterona, responsável pelas características masculinas.

- Testosterona é a queridinha dos homens na musculação. Fazem de tudo para aumentar a sua produção natural e artificialmente (quem não conhece o amigo que gasta centenas e centenas de euros para fazer ciclos de testosterona... seja comprimidos ou injectáveis e ainda nas outras carradas de medicamentos que são obrigados a fazer para se protegerem dos efeitos indesejados destas mesmas tomas). Isso porque com testosterona sentes-te um herói cheio de força e cresces ( refiro-me ao crescimento muscular) do dia para a noite (quase!!)

- Estrogénios a nossa hormona... é a queridinha que nos dá todas as características femininas... mas por isso mesmo nos lixa no que toca à perda de massa gorda. Ela é responsável pela concentração da gordura na barriguinha, bumbum e coxas.

- Soja é tida como saudável, pelas suas propriedades proteicas, minerais e tudoetudo. Mas também é rica em isoflavonas, fitoestrogenios, idênticos aos estrogénios que o corpo humano produz. Bem, eu que pratico exercício físico de forma a favorecer o meu crescimento muscular (e consequentemente queimo gordura), 
torna-se contraproducente ingerir soja de forma regular, porque vou estar a dificultar este processo. Portanto, não é que eu queira aumentar a testosterona, no meu caso não porque sou mulher, mas também não quero aumentar a produção de estrogénios, os que tenho naturalmente já me chegam! Logo e resumindo... soja é bom sim, se não me importo com a perda de peso, se não faço exercício físico com objectivos exigentes, ou se estou na menopausa  (altura natural em que no corpo humano existe um decréscimo da produção destas hormonas e torna-se positivo reajustar o melhor possível).
No fisioculturismo isso por vezes toma dimensões muito sérias... não só vemos mulheres também a tomar testosterona... ghrammm... mau...mau... como também se assiste a mulheres que fazem medicação para reduzir a produção de estrógenios, tudo para reduzir a gordura localizada e incentivar o crescimento muscular. O facto é que resulta... ficam com percentagens de gordura mínimas e crescem muitooo, a questão aqui para mim é que além de ser contra-natura, perde-se o principio saudável do fisioculturismo... enfim não tenho nada a ver com isso, cada um faz o que quiser! Por outro lado, isso se calhar já vos faz entender porque é que uma mulher que faça musculação não fica parecida com um homem... a menos que faça medicação para tal.



Lembrei-me de falar sobre isso, porque 6ªfeira passada, já estava eu a vestir-me nos balneários, quando fui interpelada por uma senhora que me disse: [Ler com sotaque brasileiro, a miúda é brasileira] " Oi, tudo bem? Olha estou cansada de falar para o meu marido que eu faço tudo direitinho, mas não consigo ficar com o corpo da moça da academia [LOL tão fofaaaaaaa :) realmente nunca sabemos quem estamos inspirando... caramba...pensei eu!]. Já não como feijão e tomo tudo de soja, mas não consigo perder essa barriga [depois de lerem o meu post... imaginam a minha carreta, certo?] Então meu marido disse: Pergunta para ela, o que ela faz?!"




Agora não me vão depositar todas as culpas na soja... LOL, não é isso. Não acho que um acto isolado (a menos que seja em quantidades industriais) seja o único responsável. O nosso corpo é o resultado da combinação de muitas acções. Quanto mais correctas elas forem, melhores os resultados, apenas isso!

Beijinhos

Sem comentários:

Enviar um comentário

Lilypie Premature Baby tickers