domingo, 25 de novembro de 2012

Esteve aqui...


A todos que se "importaram", partiu no dia que escrevi sobre ela...


A todas essas almas um eterno e merecido descanso...

5 comentários:

  1. Ás vezes é mesmo uma benção para todos, principalmente para quem parte e está tão cansado de lutar. A morte nunca é fácil, eu nunca aprendi a lidar com ela no meu trabalho e duvido que alguma vez o consiga.
    Mas de todos os casos, o que mais me chocou e todos os anos relembro a data foi um bebé de 4 meses que partiu nas minhas mãos, enquanto lhe faziam compressões. São coisas que nunca, mas nunca se esquecem, o último suspiro, o revirar dos olhos, os gritos dos pais quando a pediatra deu a notícia, um pai agarrado a um filho todo roxo, toda a equipa de urgência a chorar... não se se ultrapassa nunca.
    Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Eu era incapaz de ter a tua profissão ou qualquer outra do género em que se tenha de lidar constantemente com a morte, seja de pessoas ou animais...foi o que pensei quando li o teu outro post, mas depois acabei por nem escrever... Sei que ia viver muito isso, e trazer tudo para casa. Tenho um nível de sensibilidade estupidamente alto:S

    Espero que "o outro lado" lhe seja mais sorridente, seja ele qual for...

    ResponderEliminar
  3. Tenho a certeza que partiu um bocadinho mais em paz devido à tua presença... E ficou para sempre o testemunho de alguém que realmente se preocupou com ela.

    ResponderEliminar

Lilypie Premature Baby tickers