terça-feira, 2 de agosto de 2011

A cama dos papás...

8 comentários:

  1. heheheh Pois é... vai habituando o baby... e depois fica como a minha, não quer outra coisa e se possível com a mamã. Mas é tããããão bom... Impossível resistir, certo? Catarina

    ResponderEliminar
  2. Parece a minha cama, volta e meia somos 6. LOL
    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. que rebaldaria ai vai nessa cama! eheheheh!! e esses gatos, são um mimo com o Vasco... tão lindo de se ver!

    ResponderEliminar
  4. Não tarda e não vejo as gatas em casa por se esconderem dele :) lol

    Catarina o Baby felizmente à noite sabe que dorme no berço... durante o dia é onde ele quiser :D

    ResponderEliminar
  5. Tão querido :))
    Aproveito para fazer uma pergunta (ja tou a ser chata):
    como foi a adaptação das gatas com o bebé? Isso anda-me a fazer imensa confusão na cabeça, tenho uma gata também e é igualzinha no feitio à gata que está encostada ao teu filho (espero que nao haja problema de tratar por "tu"), até dorme conosco como a tua! Só que é uma ciumenta de 1ª.. nao gosta de visitas, e foge a 7 pés dos sobrinhos do meu namorido, às vezes quase os ataca.. ando com um medo que seja assim com o meu rebento..
    tens algumas dicas? podes dizer como foi a reacção delas à chegada do bebé?? E quais os cuidados que tives-te? desculpa ser chatinha lol mas isto anda-me a dar voltas à cabeça!
    já agora aproveito para dar os parabéns por teres insistido na amamentação e conseguires, o teu bebé está lindo e bem gordinho (não é gordinho de gordo mesmo, é um gordinho saudável). Parabéns :)

    beijinhos

    ResponderEliminar
  6. katy não admitiria que me chamasses de outro modo, que não pelo nome :D.
    Quanto às questões sente-te sempre à vontade para as colocares, responderei na medida da minha experiência. Tenho 2 gatas e ambas diferentes uma mais meiguinha e carente, tipo gente, outra apesar de afável é mais, como explicar... GATA!!quando o bebé chegou elas cheiraram-no muito e foram introduzidas a ele, connosco sempre a controlar (não que elas sejam violentas, mas por ser uma situação nova fomos cautelosos). Inicialmente elas afastaram-se de nós, porque proibimo-las de entrarem no nosso quarto, quando o bebé lá estava em especial de noite, apenas porque o bebe era muito pequeno (menos de 2kgs e cada uma tem mais de 4kilos)e como elas sao desajeitadas e passam e pulam para cima de tudo,não queria que elas (sem quererem) magoassem o bebé. A pediatra descansou-nos em relaçao ao pêlo delas, não há qualquer problema com o contacto. Depois destas privações é que elas tornaram-se muito ciumentas, mijavam-me a casa toda, tudo o que tivesse coisas do Baby, até conseguiam abrir as gavetas dele e desarrumar tudo... esta é que foi a fase crítica. Mas felizmente a esterilização resolveu o problema e tornamo-nos todos bem mais felizes, elas andam mais calmas, serenas. Como o bebe já tem bom peso se elas querem, dormem connosco, se o bebe nao estiver na cama também! Deitam-se ao lado dele e fazem-lhe ronron, já estão habituadas e felizes portanto! Desculpa o missal... espero ter respondido ao que querias, caso contrario é só dizer!

    ResponderEliminar
  7. P.s- Querida Katy, 1º conselho de quem é pró-amamentação. Não amamenta quem pode, amamenta quem quer. Querer é poder!

    Lembra-te disso, ser-te-à muito útil :D
    beijinho grande

    ResponderEliminar
  8. Obrigada! :D agora já estou mais descansada, também me preocupava a questão do pêlo.
    E vou ter isso em consideração, quero muito amamentar!
    Mais uma vez obrigada, descansaste-me imenso, estas duvidas de principiante são dose! :)
    beijinhos

    ResponderEliminar

Lilypie Premature Baby tickers