sábado, 20 de agosto de 2011

Amamentação #9

Invejo a liberdade das mães que não amamentam… É uma falsa liberdade é certo, porque têm de satisfazer na mesma todas as necessidades do bebé, inclusive a da alimentação… obviamente! Mas sem dúvida que são mais “livres” do que uma mãe que amamenta, deparam-se com menos complicações. Nem me refiro ao acto de amamentar, se quer, já que no meio de tantos obstáculos acaba por ser o mais fácil.  Refiro-me à simplicidade da refeição do bebé de biberão, ele tem fome come e pronto sem pensar no “ onde estou” e “com quem estou” e sem necessidade de ponderar uma mudança de sítio. Mãe que não amamenta se se afasta do seu bebé por algum motivo, pode “lavar as suas mãos” e não se preocupar mais… mães que amamentam ausentam-se dos filhos, mas o certo é levarem a bomba atrás ou acabar por regressarem mais cedo. Mãe que não amamenta entrega a lata de leite e fica descansada, se terminar o leite na loja há sempre mais para o cuidador do bebé dar. Mãe que amamentam, contam bem as refeições, o mais certo é acabar por deixar leite a mais, que depois terá de ser inutilizado, é isso ou então arriscar a deixar o bebé sem leite e depois a cuidadora do bebé faz o quê?

Dá trabalho, dá! Dá muito mais trabalho que preparar um biberão. Por tudo isto admiro (me) quem pode e quem consegue, quem se esforça por isso, abdica de tanta coisa, muda outras tantas para dar o melhor que alguma vez poderá dar ao seu filho!
Ainda assim não trocaria este imenso prazer, por toda a liberdade do mundo. Amamentar é uma fase e sei que quando passar vou sentir saudade. Amamentar  para mim é um acto inequívoco de amor e carinho. 


Nota: Não quero com estes posts desvalorizar os esforços de quem tentou e por várias razões não conseguiu, não quero de todo desmoralizar nem entristecer nenhuma mamã, dar o biberão, não é crime nenhum, mas obviamente que venho ao meu cantinho falar da experiência que conheço. Passei pela fase inicial da amamentação também, e a mim também não me vou fácil, mesmo nada fácil, por 3 semanas repetia para mim mesma as vantagens da amamentação, e acreditava que aquela dor insuportável iria passar, felizmente passou. Mas por causa dessa má experiência inicial, hoje dou valor a quem não conseguiu amamentar.



9 comentários:

  1. Olha eu não consegui e se o início fiquei triste, hoje em dia não! A minha filha é tão saudável quanto as outras crianças... Este Inverno não esteve doente uma única vez e anda na creche! :)

    Em relação à liberdade, talvez tenhas alguma razão, mas é tão bom sermos nós a dar o biberão. Às vezes é chato que A ou B querem fazê-lo e nós dizemos que não e parece mal, se fosse a amamentar dizias que não e pronto, rendida às evidências. Em relação ao leite que vai fora, também vai muito. Fazes xml e o bebé apenas bebe yml e o restante vai todo fora.

    Não estou com isto a dizer que a amamentação é má, claro que não. Estou a apenas a revelar um outro ponto de vista de uma mãe que não conseguiu amamentar. Não tive dores, nada, não tive mesmo foi leite...

    ResponderEliminar
  2. Eu nunca senti nada disso, acho que fui uma privilegiada em amamentar e nunca invejei quem desse biberão. Acho que a minha vida foi muito mais fácil assim.
    Não andava carregada que nem uma mula, amamentava onde fosse preciso, não querendo saber de onde estava ou com quem estava.
    Nunca achei que fizesse sacrificio, ou sequer me passou pela cabeça que as que não amamentam tivessesm sorte por isto ou por aquilo.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  3. Eu sempre tive vontade de amamentar, tive duas meninas, uma ainda tem 4 meses, mas não consegui amamentá-las durante muito tempo. Primeiro porque não era suficiente, elas não ganhavam peso e chegaram mesmo a perder, esforçava-me mas não deu, tive de recorrer ao suplemento mas sempre a tentar mama primeiro. A menina mais pequena fez reacção ao leite e eu tinha que beber soja porque senão não lhe podia dar mama e mais uma vez sinto que falhei porque não consegui beber aquilo, deitava fora . :(
    Admiro bastante quem fez e faz esforços para continuar a amamentar os seus filhotes, é muito melhor em tantos aspectos.
    beijinhos

    ResponderEliminar
  4. Bia e pirilampo é como eu disse, faço este genero de post a partilhar a minha esperiencia é a unica que tenho, e não para "deitar a baixo" e desmerecer os esforços das mamãs que não puderam amamentar...
    beijinhos e força!.
    *
    Pimpolha em momento algum arrependo-me de amamentar (excepto na fase inicial que bem sabes o quão foi-me dificil adaptar...admito). Amo, sei que é o melhor para ele, mas sem dúvida que nos "amarra" mais :D
    beijinhos às meninas

    ResponderEliminar
  5. É nisso que eu não concordo, eu acho que tinha toda a liberdade do mundo e não me senti uma única vez amarrada.
    Saía com ele, não precisava de me preocupar em levar nada, se tinha fome, estava ali prontinho. Não me imagino ter que sair com sacos e sacos às costas. Eu tinha um saco com fraldas no carro e duas mudas da roupa e anda apenas com ele no sling.
    Não parecia uma mula de carga, como vejo algumas.
    Imagina aquelas mães que vão a algum lado e que demoram mais tempo do que estavam á espera e não levaram comida suficiente. Isso nunca aconteceria comigo. LOL
    Claro que há quem goste de sair sem os filhos e aí podem perder a liberdade, mas como eu ainda hoje não vou a lado nenhum sem ele, porque gosto e não por obrigação, nunca me senti presa.
    A primeira vez que saí sem ele já ele comia sólidos e foi apenas para ir jantar com o pai, logo o rapaz teve outras coisas para comer.
    Nunca me senti presa, nunca mesmo. Acho que se desse biberão, me sentiria mais presa.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  6. concordo a 100% com a mãe pimpolha! :)
    oh é tão mais bom e mais prático! e mais, enquanto estou a dar maminha ao menos posso dizer que tenho um momento de sossego! calha tão bem quando é na hora de fazer o jantar... pronto, lá vai o marido fazer tudo! ehehehe!
    è que eu nem leite tiro com a bomba... o meu babe aguenta bem umas 3h/3h30 sem choros de fome, sempre bem disposto e com soneca pelo meio... eu tb não me vejo a estar mais tempo longe dele! hei-de ter muitoooo tempo para isso, de Deus quiser.... ou hei-de querer estar com ele e não poder pq estou a trabalhar :(.
    Amamamentar os meus filhos é das coisas que mais me orgulho na vida! há quem não consiga, ok! mas tb há quem não queira... são opções q respeito! mas quando põe em causa a minha capacidade de amamentar ou a minha dedicação a isso, viro leoa!!
    Gosto mesmo de me gabar que o meu primeiro filho não soube o que era um biberão... nunca comprei nenhum, nem nunca usou! bebia os liquidos de um copinho próprio para bebés, de plástico com tampa tipo tetina, mas de plástico... eheheh!
    e o dinheiro que se poupa a dar maminha? ah pois, faz as contas... junta esse dinheiro, no fim do ano dá para umas férias em familia, amiga! eheeeh - olha, tema para um bom post! :) Bjs

    ResponderEliminar
  7. Mulher que amamenta não poupa necessariamente dinheiro. Não poupa não e já gastei e continuo a gastar/investir em material para continuar a dar-lhe o meu leite na creche!

    ResponderEliminar
  8. Poupas sempre mais do que uma que não amamenta. O teu problema foi teres optado por sacos e não por algo que dê para usar mais vezes.
    Eu comprei a bomba e 40 copos e nem mais um tostão.
    Não comprei biberões, nem uma lata de leite todas as semanas e só isso é uma renda.
    E sabes no que se poupa mais, na saúde do bebé.
    Eu acho que a amamentação permite poupar e muito, mesmo quem não queria dar leite na creche, há sempre outros alimentos.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  9. Andreia, isto é só uma opinião, mas não sei se te compensa estar a guardar tanto leite, até mesmo para a creche... eles depois já n bebem tanto leite... começam a comer outras coisas, que tb é mais q aconselhável! tenho uma amiga que fez isso e dps acabou por deitar leite fora, pq dar por dar mais vale directamente da mama do que o q está congelado... e o teu corpo auto-regula-se com as necessidades do bebé.
    Eu então, não gasto um tosto! :) mas vou experimentar tirar, ai isso vou... quero ir à festa do avante! :)

    ResponderEliminar

Lilypie Premature Baby tickers