quinta-feira, 31 de janeiro de 2013

Amamentação: Comentário que vira post



"Eu vivi isso... queriam que desse biberão ao Afonso só porque ele não queria mamar... Não era não fazer bem a pega ou ter algum problema, pois ele já tinha mamado mal nasceu, era apenas porque ele não queria e achavam que o rapaz tinha de comer a força aquela hora!! Ainda bem que não cedi!"

Eu não ia descrever episódios, mas aparentemente tudo permanece igual. A situação foi idêntica à relatada!
Ao que parece ignoram o facto do Recém-nascido estar nauseado por toda a viagem que fez, por estar cheio de liquido amniótico, por ser dorminhoco por natureza, de ter um estômago tão pequenino que chega para 5ml de liquido. O bebé não está muito motivado para comer, até à altura em que têm mesmo fome, aí os sinais são mais que evidentes e mesmo não nascendo ensinados têm instintos básicos que com alguma orientação  facilita em muito o sucesso das primeiras mamadas. 
O bebé não tem relógio exacto para comer, muito menos nos primeiros dias de vida. Se fizer 2 mamadas  no primeiro dia (O Vasco, que é apenas um exemplo não significativo, mamou 2 vezes em 24horas... claro que me ameaçaram com o suplemento e aero-OM nas maminhas... RECUSEI) e se estiver com boa vitalidade e demonstrar sinais de hidratação, então aproveita, vá chegar os dias, as semanas, os meses em que ele vai querer mamar de hora em hora...

Pior que desconhecer esses aspectos é chegar perto de uma recém-mamã que se vê obrigada pelo profissional de saúde a dar de mamar a um bebé que nitidamente não tem fome, e insistir para que seja dado suplemento (e claro que como o leite no biberão, corre passivamente o bebé come mesmo que não queira e adia ainda mais a próxima mamada, colocando a amamentação em risco), Acrescenta ainda do alto da sua sabedoria que os biberões servem para serem usados, não há que ter medo se a amamentação falhar... que a amamentação não é fácil por isso 90% das recém-mamãs deixam de amamentar logo no início (espero que ela esteja errada!!)... Diria que se esses números são reais grande culpa está em profissionais que actuam deste modo!  
Bahhhhh

7 comentários:

  1. O Edu nasceu num hospital amigo dos bebés e foi mesmo isso a que tuve direito. Ele mamou quando nasceu e durante umas 12 horas não quis mais, estava nauseado, só vomitava e eu cheguei a perguntar se não era melhor por-lhe umas gotinhas de glicose para ele não se ir abaixo. Tive uma enfermeira que esteve quase uma hora a espremer-me a mama e a deitar gotinhas de colostro para dentro da boca dele e só lhe tenho a agardecer. Nessa noite mamou e só parou aos 4 anos.
    É por essas e por outras que a Bissaya pode estar a cair de podre, em obras e com uma casa de banho para um serviço inteiro, mas é para lá que vou, porque fui o mais resoeitada possivel.
    Beijocas

    ResponderEliminar
  2. Lol, já me ri com o teu post, então os instintos básicos estão extintos?
    desculpa, eu sei que o assunto é sério.

    Tamsy

    ResponderEliminar
  3. No Centro Hospitalar da Póvoa de Varzim, acontece exactamente o oposto...apoiam imenso a amamentação e ajudaram-me imenso nos primeiros dias em que não conseguia colocar a boquinha do baby na mama,...

    ResponderEliminar
  4. A mim fizeram-me isso na maternidade... a baby não mamava há mais de 6 horas (não queria!) e disseram-me que ela tinha de comer... nem perguntaram e espetaram-lhe o biberão na boca (só me apetecia chorar)... a sorte é que ela também é teimosa e recusou!! Aí, a enfermeira teve de se render... mas também há enfermeiras e enfermeiras. Depois tive o problema do meu leite demorar a subir e a bebé perder mt peso nestes 1.ºs dias pelo que o pediatra recomendou suplemento mas sempre insistindo... e depois de 2 semanas assim (com os 2 leites) e após ela vomitar 1x (de tão cheia que estava) optei pela amamentação só com LM!! Mas lá está, era mt fácil desistir pq dar de mamar (com dores) e ainda ir aquecer e esterilizar biberãos durante a noite é dose!!

    ResponderEliminar
  5. Realmente e infelizmente não estamos mesmo a falar de actos isolados... :/
    beijinhos a todas

    ResponderEliminar
  6. No meu caso, foi cesariana pela meia-noite. No recobro colocaram-me a Alice ao peito. Deve ter saído pouco e eu estava esgotada. A bebé berrava como se o mundo tivesse a acabar. A enfermeira preparou-lhe um biberão e eu fiquei triste mas sem forças e certezas para dizer não. Tive medo que ela depois recusasse a mama. A enfermeira disse-me mal colocou o biberão à boca dela: Esta bebé tem boca de mama.
    Mais tarde dei-lhe mama e só parou aos 9 meses por iniciativa minha. Mas senti a pressão do leite adaptado todos os dias. Mas ela aumentava de peso a olhos vistos e mamava tão bem.
    Linda princesa, a minha ;) Foi ela mais esperta do que eu. Se ela não tivesse atinado tão bem logo de início não sei se teria tido o discernimento necessário para não me deixar levar pelas bocas contrárias.
    bj

    ResponderEliminar

Lilypie Premature Baby tickers