domingo, 20 de maio de 2012

Questões: És verdadeiramente feliz?

Achei graça à forma como a questão foi colocada: "És verdadeiramente feliz?", em vez de "És feliz?". O que me faz pensar que à partida as pessoas percecionam-me como alguém feliz [O que já não é mau], não me dando alternativa para responder com um "Sou infeliz". A questão que se impõe é: Será essa felicidade verdadeira, genuína ou até mesmo suficiente para mim?

Well, well, well...
Primeiro, este blog tornou-se no meu diário, é certo! De forma geral reproduzo aqui planos, o dia-a-dia, emoções. No entanto, muitas vezes todos estes aspectos são amplificados ou por outro lado relativizados, o mesmo é dizer que muitas vezes faço tempestade num copo de água, o tipo Drama Queen, outras tantas acabo por minimizar situações que na verdade até me preocupam muito, por exemplo...

Segundo, sem dúvida que tenho dias que me sinto no "topo" do mundo, assim como os há em que me sinto mesmo na m**dinha...

Mais, (e este é o habitual cliché) tal como os demais humanos, sou uma eterna insatisfeita e esta atitude é de facto uma das (além de ser stressadinha) que me faz sentir frustrada, incompleta...

Por último, esta pergunta nem é uma surpresa. Tenho quem a faça lá de vez em quando e no mesmo momento me ajuda a encontrar resposta, o Zeus! Ele não raras vezes dá-me uma ""bofetada"" (duplas aspas) psicológica. Em especial nas alturas de stress, seja por projetos falhados ou atrasados, ou com o Vasco, com as famosas tarefas domésticas, ou por pirraça com os "defeitos" dele, ou ainda pelo cansaço do trabalho, ou sentimento de solidão que muitas vezes me apanha desprevenida, que me levam à minha fase depressiva-chorosa. O Zeus pergunta-me (vou tentar reproduzir fielmente):
- Não fazes o que gostas?
- Não tens um marido que te ama?
- Não amas o teu marido?
- Não tens um filho fabuloso?
- Não tens amigos que te são queridos e gostam de ti?
- Não temos um casa?
- Não és independente financeiramente?  
O que é que te falta para seres feliz (o euromilhões, não conta)?

Realmente e depois de refletir bem (podendo ser poucochinho para alguns) isso basta-me, o resto é conversa... 
Um passinho de cada vez e ser sempre grata pelo que tenho!

(Obrigada pela questão, estejam à vontade para colocar outras, anonimamente se quiserem, se não  forem desrespeitosas terão respostas)

9 comentários:

  1. Já te disse que és um amor de pessoa e que tens um coração docinho, docinho como mel?

    ResponderEliminar
  2. Eu acho que pelo facto de ambas e os respectivos partilharem do mesmo signo do zodiaco, ha muitas coisas em que somos parecidas....
    Este texto poderia ter sido escrito por mim .... pois a realidade é mesmo essa... tambem frequentemente levo chapadas do marido para me acordar para a realidade.... mais ainda agora no caso da Laura a felicidade tomou para mim proporcoes diferentes..... Agora é mais facil ser feliz e contentar me com as coisas mais pequeninas... por outro lado tb mais rapidamente me torno infeliz..
    Sabes que adoro ter um marido que me faça acordar para a vida as vezes e perceber que não estamos no apocalipse como por vezes eu acho :) beijinhos.. adoro te

    ResponderEliminar
  3. Adorei :D e é mesmo isso, tens um homem que te ama, um filho que dá vontade de encher de beijos, uma casa giríssima (pelo menos a sala é :D) e ainda tens amigos que gostam de ti :D o euromilhões........ há-de vir, ehehehe :P

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. De facto vocês minhas queridas já conhecem a minha casa ;), ou vão conhecendo!

      Eliminar
  4. Tens um marido tão, mas tão inteligente! Para além de ser óvio que te apoia incondicionalmente.
    Insatisfações à parte (todos temos, por mais fúteis e irrisórias que depois nos venham a parecer), parece-me que és verdadeiramente feliz.
    E eu fico feliz por ti! Que esse estado te assista sempre!
    Beijos

    ResponderEliminar
  5. Obrigada pelas vossas palavras. Acho que de facto todas nós sentimo-nos da mesma forma, sorte será se tivermos alguém (não importa quem)que seja o nosso porto de abrigo!

    ResponderEliminar
  6. Sabes eu até era feliz, mas agora depois de aminha vida ter dado uma volta de 180º, tudo mudou e tenho a vida de pernas para o ar em todos os aspectos. Felizmente tenho uma mãe muito presente, que é agora a minha melhor amiga, e como quem falo e desabafo. Mas eu tinha tudo, tudo, agora vou vivendo o dia a dia.
    Espero que o tempo seja o meu MELHOR AMIGO....

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Voltas dessas infelizmente acontecem de uma hora para a outra.
      espero que tudo melhore!

      Eliminar

Lilypie Premature Baby tickers